Notícias de Caçador e Região

Em grupos do Telegram, bolsonaristas sugerem burlar informações de vacinação no sistema do SUS

Uma publicação que rola em grupos de telegrama traz mais uma desinformação e orientação errada. Pela publicação, passará a ser obrigatório o passaporte sanitário comprovando as doses de vacinas contra Covid-19.

Entretanto, conforme a mesma publicação, é para chamar uma pessoa marcada na mesma publicação que irá incluir o nome das pessoas no sistema do SUS mesmo que não tenham se vacinado.

Vale ressaltar que essa prática é ilícita como prevê o projeto de lei 114/22 tipifica como crime de falsificação de documento público a alteração da carteira de vacinação, no todo ou em parte.

Veja Também

Comentários estão fechados.