Notícias de Caçador e Região

Em 48 horas, dois candidatos de concurso da polícia de MG morrem após teste físico

Em um período de 48 horas, dois homens morreram na região de Belo Horizonte após participarem de um concurso para entrar na Polícia Penal de Minas Gerais. A causa das mortes não foi especificada.

 

Em nota enviada à CNN, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) mineira manifestou profundo pesar pelas mortes dos dois candidatos do concurso – que aconteceram na última terça-feira (10) e na quinta (12).

 

“Ambos apresentaram um quadro de mal súbito após a finalização do exame físico de corrida de resistência”, informou a Sejusp.

 

Os testes aconteceram no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) de Lagoa Santa, na Grande Belo Horizonte.

 

Os dois candidatos receberam os primeiros atendimentos médicos por meio da equipe que acompanha os testes físicos e foram levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Vespasiano.

 

Segundo a Sejusp, eles chegaram ao local com vida, mas o quadro de saúde se agravou e vieram a óbito. Um deles chegou a ser transferido para a UTI do Hospital Municipal Célio de Castro, na capital Belo Horizonte.

 

“A Sejusp e o Instituto Nacional de Seleções e Concursos (Selecon), este último responsável pela realização do certame, acompanharam os candidatos e estiveram em contato com as equipes médicas durante todo o tempo de internação, prestando todo o suporte aos familiares”, pontuou a Sejusp no comunicado.

 

Os atestados de óbito não foram disponibilizados e a causa das mortes não foi especificada.

 

A Sejusp argumentou que os candidatos apresentaram laudo médico liberatório para a realização do teste físico, e segue acompanhando o caso.

 

Com informações CNN 

Veja Também

Comentários estão fechados.