Notícias de Caçador e Região

É falso que a Aurora Coop mandou parar 7 mil caminhões em apoio à greve

A informação de que a Cooperativa Central Aurora Alimentos (Aurora Coop) mandou parar 7 mil caminhões em apoio à grave geral de 7 de novembro é falsa. O boato circulou recentemente, mas foi desmentido pela empresa, que tem a matriz localizada em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

A informação da greve surgiu entre manifestantes que bloqueavam rodovias do país e circulou. Porém, não se confirmou. De acordo com a Aurora Coop, é fake news a informação que circula nas redes sociais sobre a paralisação do seu sistema de transporte.

“Todas as unidades agropecuárias, industriais, comerciais, centros logísticos e setores de apoio estão operando normalmente. A logística de transporte continua atendendo às demandas em todas as regiões onde a empresa atua”, informou a cooperativa.

Veja a nota na íntegra:

COMUNICADO DA AURORA COOP

A Cooperativa Central Aurora Alimentos (AURORA COOP) informa que é FAKE NEWS (notícia falsa) a informação que circula nas redes sociais sobre paralisação de seu sistema de transporte.

Todas as unidades agropecuárias, industriais, comerciais, centros logísticos e setores de apoio estão operando normalmente.

A logística de transporte continua atendendo às demandas em todas as regiões onde a empresa atua.

A AURORA COOP respeita o movimento realizado por vários segmentos da sociedade, pois está amparado pelo princípio constitucional da liberdade de manifestação e tem demonstrado seu caráter pacífico e ordeiro.

A AURORA COOP espera que – em nome da paz social – todas as questões que emergiram nesse período pós-eleitoral sejam equacionadas pelo diálogo e pelo respeito entre os cidadãos-manifestantes e os Poderes da República.

Bloqueios desmobilizados

Mais cedo, por volta das 6h, houve ao menos dois pontos de bloqueio em rodovias pelo Estado, mas o protesto foi dispersado por volta das 8h.

Em Palhoça, na Grande Florianópolis, manifestantes bloquearam as faixas principais da BR-101 no KM 216 que faz ligação com a BR-282, principal via de acesso para a Serra catarinense, por volta das 6h20.

A PRF, foi acionada para conter o bloqueio que, segundo a guarnição, acontecia em ambos os sentidos. No sentido Norte, o trânsito seguiu fluindo apenas pela marginal. Aproximadamente às 8h, o bloqueio foi liberado.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.