Notícias de Caçador e Região

Duplo homicídio registrado na madrugada no centro de Herval d´Oeste

O duplo homicídio aconteceu por volta das 2h30min da madrugada desta sexta-feira (15) na Rua Santos Dumont, em frente ao Vendramini, no centro de Herval d´Oeste.

Antônio Marcos de Oliveira, vulgo “Marcos Tora”, 42 anos, e a companheira Diamara Aparecida de Oliveira, 43 anos, foram mortos à queima roupa quando passavam pelo local. De acordo com as primeiras informações, ele recebeu dois tiros, braço e tórax, e ela foi alvejada com um tiro nas costas.

A Polícia Militar foi acionada por moradores que ouviram os disparos. O local foi isolado e periciado pela Polícia Civil e IGP. Os corpos foram recolhidos e encaminhados para necropsia.

Marcos Tora, que possuía uma extensa ficha criminal, deixou o Presídio de Chapecó em 14/08/2015. Ele era conhecido por ser uma pessoa extremamente violenta.

Autor preso

Ainda durante a madrugada, a polícia prendeu em flagrante Felipe Vieira, vulgo “Fumo”, 30 anos. “Os levantamentos de local e a identificação do autor se deu, mais uma vez, pelo trabalho e pelo comprometimento das equipes da DIC Joaçaba e do SIC Herval d’Oeste”, enalteceu o delegado regional Daniel Régis, ao parabenizar o trabalho dos policiais civis, que contou com o apoio da Agência de Inteligência (P2) da Polícia Militar.

caco 2

De acordo com Régis, a versão apresentada pelo autor é de que Marcos Tora e a esposa, aparentemente sob efeito de entorpecentes, bateram na janela de casa por volta das 02h da manhã. Marcos teria arrombado a porta da casa e, de posse de uma faca, esfaqueou Felipe, causando-lhe lesões no braço. Com a gritaria e o esforço de Felipe para segurar a porta, Marcos Tora e esposa saíram do local, ameaçando a Felipe e sua família.

Ainda segundo a versão do homicida, temendo por sua vida e de sua família, buscou a arma que tinha escondido nas proximidades e saiu no encalço de ambos, e ao vê-los na Santos Dummont, houve nova discussão e quando Marcos partiu pra cima, Felipe sacou o revólver e atirou.

Felipe afirma que a esposa de Marcos foi alvejada quando estava na linha de tiro, sendo atingida sem intenção. A faca foi apreendida e passará por perícia. A casa de Felipe foi fotografada e periciada pelo IGP. A arma utilizada no crime, um revólver Rossi, cal 38, de 05 tiros, foi apreendida com 03 munições deflagradas.

A polícia deve realizar a reprodução simulada dos fatos nas próximas semanas.

Com informações – Caco da Rosa 

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.