Notícias de Caçador e Região

‘Dona do meu coração’: quem é o coach que fingiu próprio sequestro e enganou namorada em SC

O coach Cristian Tonin, de 38 anos, foi preso no Terminal Rita Maria, em Florianópolis, nesta quarta-feira (31), suspeito de fingir o próprio sequestro e extorquir a namorada.

Em seu site, o coach afirma que é “um agente transformador contribuindo para meus clientes alcançarem resultados extraordinários”, com mais de dez anos de profissão. Ele também alega que atua como mentor, consultor, palestrante e professor.

Morador de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, Tonin era assessor superior de assuntos estratégicos na prefeitura, mas foi exonerado do cargo ainda nesta quarta, conforme edição extra do Diário Oficial do município. A exoneração passa a valer a partir de 4 de setembro, quando ele voltaria de férias.

O homem foi preso em flagrante algumas horas após ligar para a  namorada, simulando ser outra pessoa e usando outro número de telefone. Segundo o delegado Anselmo Cruz, da equipe da Delegacia de Roubos e Antissequestro, ele não chegou a especificar os valores do suposto resgate, mas disse que iria instruir a vítima mais tarde. A reportagem não localizou a defesa de Cristian Tonin.

No Instagram, o coach soma mais de dez mil seguidores e exibe postagens com a namorada, que está em um relacionamento há três anos. “Momento lindo com a pessoa que é a dona do meu coração”, escreveu na foto, postada em maio do ano passado.

Além de declarações para a companheira, Tosin exibe publicações de seus negócios, viagens e cursos que oferece, como uma live “Liderança de Alta Performance 4.0 – O líder Pós-Pandemia”, que seria ministrado em outubro, na Universidade de Caxias do Sul.

Com informações ND Mais 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.