Notícias de Caçador e Região

Dólar cai 1% no início da sessão, abaixo de R$ 5,40; Ibovespa sobe

O dólar iniciou a sessão desta quinta-feira (5/1) em forte queda, refletindo o bom humor dos investidores e um maior otimismo em relação a decisões do novo governo, principalmente envolvendo a Petrobras.

Às 10h20, o dólar recuava 1,2% e era negociado a R$ 5,387.

Na cotação máxima desta manhã, a moeda americana chegou aos R$ 5,429. Na mínima, baixou para R$ 5,369.

Na véspera, o dólar fechou a sessão negociado a R$ 5,452, em ligeira alta de 0,01%, praticamente estável.

Ibovespa

Principal indicador do desempenho das ações negociadas na Bolsa de Valores brasileira (B3), o Ibovespa abriu o pregão em alta. Às 10h18, o índice avançava 0,59%, aos 105.953,70 pontos.

A máxima dos primeiros minutos de sessão foi de 106,3 mil pontos. A mínima, de 105,3 mil. O volume negociado até este momento é de R$ 1,17 bilhão.

Depois de derreter cerca de 3% nas duas primeiras sessões de 2023, o Ibovespa encerrou a quarta-feira (4/1) com ganhos de 1,12%, aos 105.334,46 pontos.

Os investidores reagiram bem às declarações do futuro presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, que afirmou que não haverá intervenção direta nos preços de combustíveis da empresa, nem desvinculação das cotações internacionais.

Depois de sofrerem um derretimento nos dois primeiros pregões de 2023, as ações preferenciais da Petrobras fecharam o pregão de quarta com alta de mais de 3%, negociadas a R$ 23,05. Já as ações ordinárias avançaram 2%, a R$ 26,24.

Com informações Metrópoles 

Veja Também

Comentários estão fechados.