Notícias de Caçador e Região

Dois suspeitos de assaltar agência bancária, no RS, são mortos em confronto com a Polícia

Dois homens, suspeitos de envolvimento no roubo ao banco em Alpestre morreram na tarde deste domingo (07), em Barra Grande, em confronto com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Brigada Militar. A informação foi confirmada pelo Coronel Comandante-Geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, Rodrigo Mohr Picon, e a informação foi divulgada pelo Portal Luz e Alegria.

O homem, suspeito de ser o líder da quadrilha, já havia sido preso na manhã de domingo (07). Conforme a Brigada Militar do Rio Grande do Sul, com o homem foram apreendidos uma pistola e dois revólveres dos vigilantes do banco.

A Operação Angico contou com a participação de 60 policiais militares e civis, e 25 viaturas das forças de segurança do Estado gaúcho e de Santa Catarina. A ação integrada envolveu a Brigada Militar do CRPO Fronteira Noroeste, 3º Batalhão de Polícia de Choque, 37º Batalhão de Polícia Militar, 7º Batalhão de Polícia Militar, 4º Batalhão de Polícia de Áreas de Fronteira, Patrulha Ambiental, Batalhão de Operações Policiais Especiais, Equipes de Inteligência e DEIC RS, Polícia Militar de Santa Catarina, Polícia Civil SC – SAER, Inteligência SC/Chapecó, Delegacia Planalto/Alpestre.

Relembre o caso

Conforme informações da Gaúcha ZH, três homens armados assaltaram a agência – localizada no centro de Alpestre – por volta das 10h da manhã. O município tem 6 mil habitantes e fica há cerca de 80 km de Chapecó.

A Brigada Militar (BM) não divulgou quanto dinheiro foi subtraído do local. Ainda de acordo com a Gaúcha ZH, a gerente da agência foi levada como refém no próprio carro. Ela foi liberada em uma localidade da área rural em sequência.

Com informações Clic RDC

Veja Também

Comentários estão fechados.