Notícias de Caçador e Região

Discussão familiar termina com homem espancado até a morte em SC

Uma discussão familiar terminou em homicídio na madrugada de domingo (3) no Vale do Itajaí. Um homem de 50 anos foi espancado até a morte após atirar contra outro homem na estrada Geral Ribeirão Vinte, em Apiúna.

A Polícia Militar foi acionada por volta da 1h30. No local os policiais conversaram com uma mulher de 38 anos que contou à PM que estava na área de festas de casa com o seu marido e alguns familiares quando um carro chegou na rua e começou a fazer manobras perigosas. A esposa do motorista então vai ao seu encontro e os dois começam a brigar.

Vendo toda a cena, a mulher de 38 anos tenta interferir na briga. O motorista irritado vai embora, mas retorna cerca de 20 minutos depois com um revólver. Ele passa então a efetuar disparos contra as pessoas que estavam na área de festas.

O marido da depoente, um homem de 42 anos, tenta apaziguar a situação e acaba baleado. Durante a confusão o dono do revólver é imobilizado e tem a arma tirada. Nesse momento ele passa a ser agredido pela esposa do baleado.

A mulher contou aos polícias que estava “fora de si” durante a situação. Ela agrediu o homem com socos e chutes, bateu com a cabeça dele no chão e só parou quando viu que ele não respirava mais.

No local os policiais apreenderam a arma utilizada pela vítima do homicídio, um revólver calibre .38. A vítima de disparos da arma foi conduzida ao hospital de Ibirama pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama, que atendeu a ocorrência.

Com informações ND Mais

Veja Também

Comentários estão fechados.