Notícias de Caçador e Região

Detentos trabalham nas roçadas das rodovias catarinenses

Cinco frentes de trabalho para as roçadas de rodovias estão em atividade através do programa Caminhos da Cidadania, lançado em dezembro pelas secretarias de Infraestrutura e de Justiça e Cidadania. Passados dois meses do lançamento do programa, o total de detentos do regime semi-aberto realizando as roçadas até o momento é de 39 nas regiões de Lages, Joaçaba, Chapecó, Joinville e Blumenau.

Na avaliação do secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, “o programa, além de manter as rodovias limpas, proporcionando mais visibilidade e segurança para os motoristas, está cumprindo uma função social, preparando o apenado para a reinserção no final da pena”. Os locais onde estão sendo feitas as roçadas são nos trechos da SC 413 em Joinville; na SC 484 entre Guatambu e Chapecó; na SC 114 entre Lages e Otacílio Costa; na SC 350 no trecho entre Caçador e Lebon Régis e na rodovia SC 302 entre Rio do Sul e Aurora.

De acordo com o coordenador do programa, Clodomir Ribeiro Alves, para a próxima semana está prevista a abertura de mais uma frente de trabalho no Sul do estado que vai contar com 10 detentos e que vão fazer inicialmente a limpeza na parte interna do aeroporto de Jaguaruna. Quem participa do programa, além de receber um salário mensal, ainda tem a remissão da pena de um dia para cada três dias trabalhados.

Detentos trabalham nas roçadas das rodovias catarinenses
Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.