Detentos trabalham nas roçadas das rodovias catarinenses

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Cinco frentes de trabalho para as roçadas de rodovias estão em atividade através do programa Caminhos da Cidadania, lançado em dezembro pelas secretarias de Infraestrutura e de Justiça e Cidadania. Passados dois meses do lançamento do programa, o total de detentos do regime semi-aberto realizando as roçadas até o momento é de 39 nas regiões de Lages, Joaçaba, Chapecó, Joinville e Blumenau.

Na avaliação do secretário de Infraestrutura, Valdir Cobalchini, “o programa, além de manter as rodovias limpas, proporcionando mais visibilidade e segurança para os motoristas, está cumprindo uma função social, preparando o apenado para a reinserção no final da pena”. Os locais onde estão sendo feitas as roçadas são nos trechos da SC 413 em Joinville; na SC 484 entre Guatambu e Chapecó; na SC 114 entre Lages e Otacílio Costa; na SC 350 no trecho entre Caçador e Lebon Régis e na rodovia SC 302 entre Rio do Sul e Aurora.

De acordo com o coordenador do programa, Clodomir Ribeiro Alves, para a próxima semana está prevista a abertura de mais uma frente de trabalho no Sul do estado que vai contar com 10 detentos e que vão fazer inicialmente a limpeza na parte interna do aeroporto de Jaguaruna. Quem participa do programa, além de receber um salário mensal, ainda tem a remissão da pena de um dia para cada três dias trabalhados.

Detentos trabalham nas roçadas das rodovias catarinenses

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp