Notícias de Caçador e Região

Detento que matou colega de cela em briga por banho é condenado a 14 anos de prisão em SC

Um detendo acusado de ter matado um colega de cela foi condenado a mais de 14 anos de prisão nesta quarta-feira (31) pelo Tribunal do Júri da Comarca de São José, na Grande Florianópolis. O crime foi praticado no Complexo Penitenciário de São Pedro de Alcântara, em 2017.

A ação penal apresentada pela 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de São José relata o crime que aconteceu por volta das 20h do dia 1º de março de 2017, na cela 90 da galeria E da prisão, um espaço de 16 metros quadrados divido por quatro detentos.

Na ocasião, Anderson Luiz Moreira de Araújo e a vítima, Thallysson Matheus Araújo, que já tinham desavenças anteriores, iniciaram uma discussão sobre quem iria tomar o banho diário primeiro.

A discussão evoluiu para uma briga e Anderson, com um pequeno espeto artesanal, deu duas estocadas no peito de Thallysson, causando sua morte.

Conforme sustentou o promotor de Justiça Aurélio Giacomelli da Silva aos jurados, o réu foi condenado a 14 anos e cinco meses de prisão, pena que deverá ser cumprida em regime inicial fechado. A decisão é passível de recurso.

Com informações ND Mais 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.