Notícias de Caçador e Região

Deputado Natalino Lázare é expulso do Partido da República

O deputado estadual Natalino Lázare foi expulso do Partido da República (PR) por decisão da Executiva Regional e da bancada estadual. O ofício, comunicando a decisão, foi assinado pelo presidente do PR, Jorginho Melo. A alegação é de ausência do parlamentar das reuniões e atividades partidárias, bem como falta de cumprimento com os princípios republicanos.

O PR tem hoje três deputados na Assembleia Legislativa. Além de Natalino Lázare, eleito pelo partido com mais de 22 mil votos, conta com Mauricio Eskudlark e Nilson Berlanda, suplente que assumiu no lugar do peemedebista Luiz Fernando Vampiro, atual secretário de Infraestrutura.

Lázare já se queixava de discriminação do comando estadual, por nunca ter sido convidado para reuniões e decisões partidárias. Nem quando o PR entregou a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, Lazare foi consultado ou ouvido.

Além disso, o deputado manteve-se fiel ao governador Raimundo Colombo, mesmo depois da saída do PR do governo, fato que também desagradou o comando do partido.

Provavelmente, Lázare deva se filiar ao PSD de Colombo e Merísio.

À coluna do jornalista Moacir Pereira, Lázare encaminhou uma nota oficial:

O deputado estadual Natalino Lázare, em respeito ao quadro partidário do PR (prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças), vem a público manifestar sua surpresa em relação ao comunicado que o parlamentar recebeu da Comissão Executiva Provisória do Partido da República em Santa Catarina, autorizando seu desligamento dos quadros do partido.

Natalino pondera o seguinte:

  1. Que faz parte da base do governo desde o início do seu mandato, sendo que se elegeu pela aliança vencedora nas eleições de 2014,
  2. Que mesmo tendo mandato de deputado estadual, sempre esteve à disposição para fazer parte da direção estadual da legenda;
  3. Que sempre acompanhou as decisões do PR que vieram em favor dos interesses de Santa Catarina.
  4. Que desenvolve, em parceria com o governo do Estado, projetos importantes para o desenvolvimento e crescimento econômico da Região Meio-Oeste e também de toda Santa Catarina;
  5. Que mesmo tendo voto na Assembleia Legislativa, foi apenas comunicado da decisão do PR de sair do governo de Raimundo Colombo, um posicionamento da presidência estadual do partido;
  6. Que foi avisado com menos de 12h de antecedência de uma agenda do PR para gravações visando a veiculação no horário eleitoral gratuito do partido; só sendo cientificado desta agenda quando já estava em roteiro na região do Meio-Oeste, onde havia assumido vários compromissos inadiáveis;
  7. Que almoçou recentemente com o presidente estadual do PR, oportunidade na qual conversaram sobre várias questões divergentes. Um novo encontro havia ficado pré-agendado para equacionar os posicionamentos;
  8. Que lamenta profundamente a forma como a executiva provisória do PR conduziu a situação.
  9. Que vai avaliar com muita calma e serenidade o caminho partidário a ser seguido daqui em diante.

Atenciosamente,

Deputado estadual Natalino Lázare.

Com informações de Moacir Pereira.

Veja Também

Comentários estão fechados.