Notícias de Caçador e Região

Deputado Moacir Sopelsa assume o governo de SC a partir deste sábado

O comando do Estado estará em outras mãos durante este mês. O presidente da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), deputado Moacir Sopelsa (MDB), assume na manhã deste sábado (03), o governo do Estado na licença do governador Carlos Moisés (Republicanos) que se afastará do Executivo para se dedicar à campanha eleitoral.

Segundo o governo do Estado, o afastamento será, inicialmente, de 30 dias, mas há possibilidade de a licença ser expandida por mais 30 dias, caso Moisés se dedique mais tempo à campanha em um possível segundo turno.

Em seu sexto mandato consecutivo como deputado estadual, Sopelsa decidiu não concorrer às eleições deste ano. O novo governador iniciou sua carreira como vereador em Concórdia, onde também foi prefeito.

Ligado ao meio agropecuário, enquanto deputado também assumiu por duas vezes a secretaria de Estado da Agricultura e Pesca, entre 2003 e 2006, e 2015 a 2018. Antes de ser eleito pela primeira vez à Assembleia Legislativa também foi secretário-adjunto da Casa Civil.

“Governar Santa Catarina é uma missão que envolve grande responsabilidade. Esse é o momento mais importante de minha vida pública. Farei o máximo empenho para encerrar bem esse ciclo na política catarinense”, disse ele.

Sempre fiel ao antigo PMDB, hoje MDB, Sopelsa ingressou na vida política em 1982, quando foi eleito vereador em Concórdia. Em 1992, elegeu-se prefeito da cidade, para o mandato 1993-1996.

Em 1998, candidatou-se a deputado estadual e foi eleito para o primeiro mandato. Desde então, sempre se reelegeu para o cargo.

Sopelsa é visto como um político experiente e reconhecido como articulador, com trânsito na administração pública. Chegar ao comando do governo é um presente para o deputado que completa 76 anos na próxima terça-feira.

Sopelsa foi eleito presidente da Alesc em fevereiro deste ano, como parte de um acordo com o deputado Mauro de Nadal (MDB) para a divisão da Presidência da Alesc no biênio 2021-2023. Caberá a Sopelsa dar posse, no dia 1º de janeiro de 2023, ao governador que for eleito em outubro deste ano.

O governador Carlos Moisés vinha articulando o seu afastamento para dedicar-se à campanha. E a licença é um gesto ao MDB, que terá a oportunidade de voltar a governar o Estado.

Esta é a segunda vez, na atual gestão, que o partido assume o governo. Em novembro do ano passado, o deputado Mauro de Nadal comandou o Estado por uma semana.

A vice-governadora Daniela Reinehr (PL), substituta natural ao cargo do Executivo, também se licenciou para disputar a eleição deste ano, pois se assumisse o cargo de governadora na licença de Moisés, poderia ter sua candidatura impugnada.

A transmissão de posse ocorrerá às 9h deste sábado, e em seguida Sopelsa toma posse no governo, às 10 h, em cerimônia programada para o Teatro Pedro Ivo Campos, no Centro Administrativo, em Florianópolis.

 

Com informações ND+

Veja Também

Comentários estão fechados.