Denunciado por tentativa de homicídio é condenado por porte ilegal de arma

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Foi a júri popular nesta sexta-feira, 23, no Fórum da Comarca de Caçador, Rafael Barbosa, denunciado por tentativa de homicídio contra Alberto Darion Linhares Somacal, em novembro de 2015, na avenida Salgado Filho. O réu foi condenado a 2 anos de reclusão em regime aberto que foi revertido em serviço comunitário apenas pelo porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com a acusação, feita pelo promotor João Paulo de Andrade, no início do júri estavam certos pela condenação do réu. Entretanto, nas oitivas, surgiram algumas situações que deixaram dúvidas quanto ao caso. Por conta disto, a própria defesa pediu a improcedência da tentativa de homicídio.

Já a defesa feita pelo advogado Jhony Marcos Tibes de Souza, alegou a legítima defesa, e afirmou que não houve a intenção de matar, sendo uma ação de defesa própria, tendo em vista que a vítima estava armada com um facão e ainda desferiu golpes contra o réu.

O advogado pediu ainda a absolvição da tentativa de homicídio e também do porte ilegal de arma de fogo.

Os jurados entenderam as teses da acusação e defesa que tinham as suas teses semelhantes, porém optaram por condenar pelo porte.

A sessão do júri foi presidida pelo juiz Gilberto Kilian dos Anjos e encerrou por volta de 15h30.

 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp