Notícias de Caçador e Região

Denunciado por tentativa de homicídio é condenado a 2 anos de reclusão

O Tribunal do Júri da Comarca de Caçador condenou nesta sexta-feira, 20, Alexandre Otávio Moreira, a dois anos de reclusão, por tentativa de homicídio contra Maikon Rodrigues do Prado. O crime ocorreu em 2011, em frente a uma danceteria na Vereda dos Trevos.

A sessão do júri foi presidida pelo juiz Gilberto Killian dos Anjos. Na acusação atuou a promotora Daniele Diamante. Já a defesa foi feita pela advogada Ivonete Moreira.

De acordo com a promotora, a tese da acusação foi a autoria do crime e defendeu ainda o a tentativa de homicídio privilegiada, por conta de uma provocação anterior ao crime. As teses apresentadas pela promotora foram acatadas pelo corpo de jurado composto por quatro homens e duas mulheres.

O réu foi condenado ainda a mais dois anos de reclusão por posse ilegal de arma de fogo, porém esta pena poderá ser anulada por conta de o crime já ter sido prescrito, mas isso será avaliado no recurso.

Ele poderá aguardar recurso em liberdade.

Veja Também
Comentários
Loading...