DENGUE: SC deverá decretar estado de emergência

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

dengue

O número de casos prováveis de dengue em Santa Catarina em 2024 já é 650% maior do que no mesmo período do ano passado, divulgou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) catarinense. Com isso, o estado deve decretar situação de emergência por causa da doença.

De acordo com dados da Dive revelados na terça-feira (20), Santa Catarina tem 17.696 casos prováveis de dengue em 177 municípios. A partir de agora, o órgão divulgará um boletim sobre a doença semanalmente.

O estado tem oito mortes por dengue. A doença é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti.

Joinville, a cidade mais populosa do estado, tem cinco mortes. Araquari, cidade vizinha, tem uma, assim como Itajaí, no Litoral Norte, e Itapiranga, no Oeste, quase na fronteira com a Argentina.

Outras duas mortes estão em investigação, segundo a Dive. Elas são de Araquari e Navegantes, vizinha de Itajaí.

Foram identificados 12.885 focos do Aedes aegypti em 215 municípios, sendo que 155 desses são considerados infestados pelo mosquito.

Chikungunya

Além da dengue, Santa Catarina também tem 70 casos de chikungunya, outra doença transmitida pelo mesmo mosquito. No mesmo período do ano passado, eram nove casos, um aumento de 677,8%.

O superintendente de Vigilância em Saúde da Dive, o médico infectologista Fábio Gaudenzi, alertou para os sinais e sintomas da doença, como a febre e dor importante nas articulações.

“A chikungunya é uma doença de grande morbidade o que nos preocupa e acende um alerta para que cada vez mais a população fique atenta aos sinais e sintomas e procure uma unidade de saúde rapidamente para realizar o tratamento adequado”, declarou.

Leia mais: Dengue em SC: Estado ultrapassa 13 mil casos prováveis da doença e chega a oito óbitos

Decreto de emergência

O governo de Santa Catarina deve decretar ainda nesta semana a situação de emergência por causa da dengue. Para isso, o estado leva em consideração os seguintes fatores:

  • elevado número de municípios infestados pelo mosquito
  • elevado número de casos prováveis de dengue notificados em comparação com 2023
  • registro de mortes por causa da dengue
  • potencial risco de saturação do Sistema Único de Saúde (SUS)

Na terça, mais de 200 pacientes estavam internados no SUS em Santa Catarina por causa da dengue, a maioria em Joinville e Itajaí.

Prevenção

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica divulgou orientações para evitar a proliferação do mosquito. O importante é não deixar água parada, para que o inseto não consiga se reproduzir.

  • evite usar pratos nos vasos de plantas – se usá-los, coloque areia até a borda;
  • guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
  • mantenha lixeiras tampadas;
  • deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
  • plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
  • trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
  • mantenha ralos fechados e desentupidos;
  • lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
  • retire a água acumulada em lajes;
  • dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
  • mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
  • evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
  • denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde;
  • caso apresente sintomas de dengue, febre de chikungunya ou vírus da zika, procure uma unidade de saúde para o atendimento

Sintomas

Segundo a Dive, os principais sintomas da dengue são:

  • febre de 39°C a 40°C de início abrupto
  • dor de cabeça
  • fraqueza
  • dores no corpo
  • dor nas articulações
  • dor no fundo dos olhos
  • manchas pelo corpo
  • perda de apetite
  • náusea
  • vômito

A recomendação da Dive é que quem apresentar os sintomas deve procurar um serviço de saúde.

dengue

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp