Delegada revela detalhes sobre suspeito de matar e enterrar mulheres cidade de SC

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

O homem preso neste sábado (20) por suspeita de matar e enterrar mulheres no quintal da sua própria casa em Balneário Barra do Sul, no Litoral Norte de Santa Catarina, é usuário de drogas e medicação controlada, explica a delegada Tânia Harada, da Delegacia Regional de Polícia de Joinville.

Ele, que está preso preventivamente por por suspeita de cometer os dois homicídios, tem 42 anos e é natural do Estado do Paraná. Conforme Tânia, informações iniciais apontam que as vítimas foram para a residência do investigado por vontade própria.

O paradeiro dos corpos foi localizado após uma denúncia apontar que ele teria enterrado as vítimas no quintal de casa. A delegada explica que mais detalhes sobre a denúncia não podem ser revelados para não comprometer as investigações.

Na casa do suspeito foram encontrados fações e um machadinho. Para localizar os corpos, um cão farejador foi usado para auxiliar nas buscas. A investigação sobre as mortes continua para elucidar como os crimes aconteceram e o inquérito deve ser concluído nas próximas semanas.

Participaram da operação as polícias de Barra do Sul e Araquari, com apoio de policiais da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Joinville, da Polícia Militar de Barra do Sul e do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville e de Barra do Sul.

 

Com informações ND Mais 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp