Notícias de Caçador e Região

Darlan Romani, de Concórdia, está na decisão do arremesso de peso nas Olimpíadas de Tóquio

O concordiense Darlan Romani, de 30 anos, está na decisão do arremesso de peso nas Olimpíadas de Tóquio. Candidato ao pódio, ele atingiu a marca de 21m31 na segunda tentativa na fase classificatória disputada na manhã desta terça-feira, dia 3. A final está marcada para esta quarta-feira, dia 4, às 23h05, no horário do Brasil, mas final da manhã de quinta-feira no Japão.

Em entrevista à TV Globo, Darlan se emocionou ao lembrar dos momentos difíceis que antecederam a chegada às Olimpíadas. “Minha esposa em especial, sei que é aniversário dela em casa, ela deve estar se acabando de chorar, ela sabe tudo que passamos esse ano”.

“Foi um susto para nós, meu irmão, mãe e eu ficamos com Covid. Mas é isso, a gente ergue a cabeça, batalha e corre atrás. Hoje é mais um passo que demos para uma final olímpica. Estou dando meus 200% lá dentro. No primeiro arremesso vacilei um pouco, poderia ter passado já, veio no segundo, mas é isso, vamos continuar focados. Torçam, mandem energias positiva, porque vamos atrás desse sonho”, garantiu.

O atleta natural de Concórdia figura atualmente como o terceiro melhor arremessador de peso no ranking mundial. Darlan tem 1,90m e mais de 150 quilos. Nas Olimpíadas do Rio em 2016, não conseguiu subir no pódio, mas assegurou a quinta colocação e entrou para a história da modalidade, quebrando por duas vezes o recorde brasileiro, que já pertencia a ele há vários anos.

Entre os principais feitos da carreira, Darlan conquistou a medalha de ouro para o Brasil na prova de arremesso de peso nos Jogos Pan-Americanos, disputados em Lima, no Peru, em 2019. Na ocasião, ele quebrou o recorde Sul-Americano com a marca de 22,07m.

Com informações Oeste Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.