Notícias de Caçador e Região

Crimes eleitorais foram registrados em 110 cidades de SC

As eleições deste domingo (15) foram marcadas por várias situações que chamaram a atenção. Uma delas foi a quantidade de ocorrências policiais e crimes eleitorais.

A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) divulgou um balanço nesta segunda-feira (16). Foram registrados crimes eleitorais em 110 cidades do Estado. O maior número de casos foi em Navegantes, com dez. Araranguá teve sete registros, Chapecó e Palma Sola seis.

Além disso, foram 238 ocorrências eleitorais, envolvendo 117 eleitores e 14 candidatos, entre os dias 31 de outubro e 15 de novembro. A “campeã” de ocorrências foi a boca-de-urna, com 55 registros no período, seguida por divulgação de propaganda, com 33 casos.

Entre os 14 candidatos flagrados cometendo algum tipo de delito foi feito o registro de um em cada uma das seguintes cidades:

  • Abelardo Luz
  • Águas de Chapecó
  • Araquari
  • Araranguá
  • Balneário Piçarras
  • Bom Jesus
  • Grão-Pará
  • Herval d’Oeste
  • Ipuaçu
  • Matos Costa
  • Navegantes
  • São Bento do Sul
  • São Francisco do Sul
  • Xaxim

Balanço do TRE-SC
De acordo com o TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral), foram registradas 52 ocorrências policiais, sendo quatro envolvendo candidatos e, as demais, eleitores, em Santa Catarina neste domingo (15) de eleições.
Ao todo 14 eleitores foram presos, sendo dez por boca-de-urna e arregimentação de eleitores e quatro por corrupção eleitoral.

Foram registradas 32 ocorrências por boca-de-urna e arregimentação de eleitores. Dessas, três envolveram candidatos e 29 envolveram eleitores. Ao todo dez eleitores foram presos.

Ao todo 14 eleitores foram presos, sendo dez por boca-de-urna e arregimentação de eleitores e quatro por corrupção eleitoral.

Foram registradas 32 ocorrências por boca-de-urna e arregimentação de eleitores. Dessas, três envolveram candidatos e 29 envolveram eleitores. Ao todo dez eleitores foram presos.

Com informações ND Online

Veja Também

Comentários estão fechados.