Notícias de Caçador e Região

 Criança é vítima de estupro e cárcere privado, consegue fugir e suspeito é preso

Uma criança de 11 anos foi vítima de estupro e cárcere privado por três dias em Joinville, no Norte de Santa Catarina. O suspeito do crime, um jovem de 18 anos, foi preso na terça-feira (24).

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu no início de janeiro, quando a menina foi abordada na rua, perto de casa, enquanto ia à residência de uma amiga. O suspeito era conhecido da vítima pelas redes sociais.

“A princípio, ela estava indo para a casa de uma amiga, mas já conversava com esse rapaz pela internet, então ele sabia para onde ela estava indo, o que ia fazer. Aí provavelmente se encontraram, ainda estamos levantando essas informações, e ele levou ela”, explica o delegado Eduardo de Mendonça, da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso).

A menina foi levada para a casa do suspeito, onde foi mantida em cárcere privado e obrigada a ter relações sexuais com ele. No terceiro dia, ela conseguiu quebrar as janelas do imóvel e fugir, pedindo socorro na rua. A essa altura, a família já havia denunciado o desaparecimento da criança.

Com o início das investigações, a polícia conseguiu identificar o autor, que inclusive já tem um boletim de ocorrência registrado em seu desfavor por crime semelhante, e pediu a prisão preventiva pelos crimes de estupro de vulnerável e cárcere privado, que foi deferida pelo judiciário.

A Polícia Civil, então, cumpriu o mandado de prisão e o suspeito foi encaminhado ao presídio de Joinville. De acordo com o delegado Eduardo, um segundo suspeito também é investigado pelo crime.

Com informações ND Mais 

 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.