Notícias de Caçador e Região

Covid-19: SC tem 387 pacientes à espera de UTI e quase 8,8 mil mortes pela doença

Subiu para 387 nesta segunda-feira (15) o número de pacientes da Covid-19 em Santa Catarina que esperam por leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) especializado. No domingo (14), a lista tinha 380 pessoas. Os números são do boletim do governo do estado.

Em relação aos casos confirmados, 733.309 pessoas se infectaram com o novo coronavírus em Santa Catarina desde o início da pandemia. Desse total, 8.791 morreram.

Os principais aumentos no número de pacientes da lista de espera foram nas regiões da Serra e do Sul. Em compensação, houve diminuição no Oeste, Norte e Foz do Rio Itajaí (veja mais detalhes abaixo).

A taxa de ocupação na UTI do Sistema Único de Saúde é de 96,14%, contando UTI-geral e UTI-Covid. Separando apenas os leitos de UTI-Covid para adultos, a ocupação é de 99,01%, com nove vagas em todo o estado.

Dos 1.658 leitos de UTI SUS em Santa Catarina, 1.594 estão ocupados, sendo 956 por pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. No domingo, 937 pessoas estavam na UTI por causa da doença. No site do governo do estado, é possível verificar a ocupação desses leitos em cada hospital.

A partir desta segunda, valem em Santa Catarina as regras contra a Covid-19 para os dias úteis. Elas incluem restrições de horário e limite de lotação nos estabelecimentos.

Decisão sobre fechamento dos serviços

A 2ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis decidiu que os técnicos que trabalham no Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) devem ser os responsáveis por avaliar os pedidos de fechamento de atividades não essenciais por até 14 dias em Santa Catarina para frear o contágio da Covid-19.

O grupo tem dois dias para escolher se acata ou não o pedido feito pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e Defensoria Pública (DPE) na última semana através de uma ação civil. O governo estadual precisa fazer o que o Coes definir sobre as restrições. A Procuradoria-Geral do Estado informou na tarde desta segunda “que irá recorrer”.

Com informações G1 SC

Veja Também

Comentários estão fechados.