Notícias de Caçador e Região

Confira a lista de candidatos ao governo de Santa Catarina em 2022

Desde o dia 20 de julho, os partidos políticos e federações podem oficializar, em convenções, os nomes de seus candidatos ao governo de Santa Catarina. O prazo foi previsto pela Justiça Eleitoral.

Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções e deliberar sobre a formação de coligações e escolher candidatas e candidatos que vão disputar as eleições. O pedido de registro da candidatura deve ser feito até 15 de agosto.

O primeiro turno da eleição para presidente, governador, senador, e deputados federais e estaduais está marcado para 2 de outubro de 2022, e, eventual segundo turno, no dia 30 do mesmo mês.

Confira, em ordem alfabética, a lista dos candidatos ao governo de Santa Catarina

 

Alex Alano (PSTU)

 

Candidatura oficializada em 24 de julho. Alano, de 47 anos, é formado em filosofia e é pós-graduado em metodologia e prática de ensino de filosofia e sociologia. Desde 1996 é professor e é a primeira vez que disputa um cargo eletivo. O vice da chapa é Gabriela Santetti, do mesmo partido.

Carlos Moisés (Republicanos)

 

Candidatura oficializada em 23 de julho. Moisés, de 54 anos, é o atual governador de Santa Catarina e tenta a reeleição. O pleito de 2018 foi o primeiro disputado pelo candidato, que é bombeiro militar, professor universitário, advogado e mestre em direito constitucional. O candidato a vice é Udo Döhler, do MDB.

Décio Lima (PT)

 

Candidatura oficializada em 25 de julho. Décio, de 61 anos, é o atual presidente do partido em Santa Catarina. Já foi deputado federal por três mandatos, deputado estadual, vereador e prefeito de Blumenau, no Vale do Itajaí. O vice ainda não foi definido.

Esperidião Amin (PP)

 

Candidatura oficializada em 23 de julho. Amin, de 74 anos, atualmente é senador, mas já tem longa carreira na política do estado. Foi governador de Santa Catarina por duas vezes, prefeito de Florianópolis por outras duas vezes, além de deputado. O vice é Dalírio Beber, do PSDB.

Gean Loureiro (União Brasil)

 

Candidatura oficializada em 23 de julho. Loureiro, de 49 anos, é formado em direito e administração e é mestre em engenharia de produção. Foi eleito em 2016 prefeito da capital, sendo reeleito em 2020. Deixou o cargo em março deste ano. Como vice, foi confirmado o nome de Eron Giordani, do PSD.

Jorginho Mello (PL)

 

Candidatura oficializada em 5 de agosto. Mello é formado em formado em direito e estudos sociais. Foi eleito senador nas eleições de 2018. Foi deputado federal por dois mandatos, deputado estadual quatro vezes e vereador. O vice da chapa pura é Marilisa Boehm.

Jorge Boeira (PDT)

 

Candidatura oficializada em 30 de julho. Boeira é graduado em engenharia mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Já foi professor e atuou na indústria carbonífera do Sul catarinense. Foi deputado federal por quatro mandatos. O vice da chapa pura é Dalmo Claro.

Leandro Brugnago (PCO)

 

Candidatura oficializada em 31 de julho. Brugnano é marceneiro e tem Ensino Médio completo. É a primeira vez que disputa o governo. O lançamento da candidatura foi confirmado em convenção da legenda. O vice será Jair Fernandes de Aguiar Ramos.

Odair Tramontin (NOVO)

 

Candidatura oficializada em 20 de julho. Odair é formado em direito, além de especialista em direito penal e processual penal. Desde 1988 é promotor de Justiça e é a segunda vez que disputa um cargo eletivo. O vice da chapa é Ricardo Althoff, do mesmo partido.

Veja Também

Comentários estão fechados.