“Cometa do Diabo” poderá ser visto em todo o Brasil a partir de 21 de abril

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Diabo

O cometa 12P/Pons-Brooks, também conhecido como “Cometa do Diabo” poderá ser visto em todo o Brasil a partir de 21 de abril, segundo informações divulgadas pelo Observatório Nacional e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.

O fenômeno, que demora aproximadamente 71,3 anos para completar uma volta em torno do Sol, foi descoberto pela primeira vez em 1812, por Jean-Louis Pons, e redescoberto de forma independente em 1883, por William Robert Brooks.

De acordo com o astrônomo e doutor em astronomia Filipe Monteiro, do Observatório Nacional, os cometas do tipo Halley, como esse, são cometas periódicos com um período orbital entre 20 e 200 anos. Isto difere dos cometas de longo período, cujas órbitas podem durar milhares de anos.

No dia 21 de abril o “Cometa do Diabo” deverá se tornar mais visível no Hemisfério Sul, já que ficará o mais próximo possível do Sol, momento cientificamente denominado por periélio. No entanto, desde o dia 7 de abril, observadores na região Nordeste do Brasil já têm conseguido fazer registros da passagem do cometa. Os estados mais ao Norte verão o cometa primeiramente no céu.

Como destaca Monteiro, não é possível atestar se o cometa poderá ser visto a olho nu, pois a intensidade do brilho desses objetos pode ser imprevisível. Por isso, pode haver a necessidade de fazer uso de binóculos e telescópios.

Além disso, o astrônomo ressalta que em 23 de abril a Lua estará cheia e, por isso, a observação do cometa do Diabo pode ficar mais difícil, uma vez que o brilho da lua atrapalha a observação.

“Os observadores deverão olhar para o horizonte oeste, na mesma direção do pôr do sol, para ver o cometa. O cometa está visível logo após o pôr do sol, primeiramente abaixo da constelação de Touro, e a partir de maio, abaixo da constelação de Órion, sempre entre 17h40 e 18h30. A maior dificuldade será encontrar um lugar com o horizonte oeste livre, visto que o cometa está muito baixo no céu, numa altura de cerca de 15 graus”, explica o Filipe.

Monteiro destaca que alguns dias antes do periélio, o cometa do Diabo estará perto do planeta Júpiter, favorecendo a localização e também compondo um momento único. Enquanto no dia 21 de abril o cometa estará mais próximo ao Sol, no dia 2 de junho ele estará bem próximo da Terra, entretanto, a visibilidade estará mais fraca e dependerá do auxílio de binóculos para ser observado.

Por que Cometa do Diabo?

Essa denominação surgiu a partir de uma observação do cometa em 20 de julho de 2023, realizada pelo astrônomo Elek Tamás, do Observatório Harsona, na Hungria.

“O astrônomo percebeu que o cometa estava consideravelmente mais brilhante, pois provavelmente havia sofrido alguma explosão, isto é, uma liberação de gás e poeira de forma inesperada que fez com que o seu brilho aumentasse bastante. Essa explosão cometária também distorceu a coma em forma de ferradura ou chifres e, por isso, muitos meios de comunicação apelidaram o objeto de Cometa do Diabo”, esclarece Filipe.

Com informações Oeste Mais 

LEIA TAMBÉM: Santa Catarina chega a 21 prefeitos eleitos presos em escândalos de corrupção

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp