Notícias de Caçador e Região

Com o título do primeiro turno, Kindermann está na final do Catarinense

 

O Kindermann enfrentou a Chapecoense em jogo decisivo valendo o título do turno neste domingo (14). O jogo aconteceu em Caçador, no Estádio Municipal Carlos Alberto da Costa Neves. Após três dias seguidos de muita chuva, o Caldeirão da Baixada acabou em lama, prejudicando o desempenho das atletas.

Apesar disso, o Kindermann criou boas oportunidades e finalizou o jogo com um gol marcado por Bruna Calderan na cobrança de pênalti. O resultado deu ao time o título do primeiro turno e a vaga na final do Catarinense por ter o maior saldo de gols.

O Kindermann está invicto na disputa com 12 gols. O segundo colocado é a Chapecoense, com saldo de seis gols.

“Conseguimos esse primeiro título, um título simbólico do primeiro turno mas que para nós é muito importante. Sabíamos da dificuldade principalmente do gramado. Várias poças de água no campo atrapalhando algumas jogadas. A Chapecoense também vem de uma crescente aumentando o nível da competição. Mas graças a Deus por meio de uma bola parada, que treinamos muito, conseguimos a vitória“, destacou o treinador do Kindermann, Jorge Barcellos.

O jogo

A primeira grande oportunidade do Kindermann no primeiro tempo veio aos 10 minutos de jogo. Catyellen se destacou na velocidade colocou a bola na área, Júlia Bianchi tentou chutar, mas a bola foi para fora.

Aos 17 minutos, novamente Catyellen, pegou embalo, driblou a adversária e marcou a falta favorecendo o Kindermann. Julia Bianchi na cobrança encontrou o espaço e deu uma bomba de perna direta que foi defendida pela goleira da Chapecoense.

Aos 29 minutos, uma falha da defesa da Chapecoense quase deu o primeiro gol do Kindermann. Em uma cobrança de falta de Julia Bianchi a goleira saiu do gol, Juliana adiantou, fez pressão, mas a zaga da Chapecoense evitou o que poderia abrir o placar para o Kindermann

No segundo tempo, logo aos 3 minutos, Carla deu uma pancada de cabeça, mas a goleira da Chapecoense defendeu.

Aos 13 minutos, Catyellen avançou, tocou para área, Neném se adiantou, mas novamente foi à vez da goleira da Chapecoense fazer a defesa.

Logo em seguida, Duda ficou cara a cara com a defesa em um lance que poderia mexer no placar, mas a bola ficou em uma poça de água impedindo o lance que poderia ser o gol do Kindermann.

Novamente na velocidade, Duda mandou a bola para a área aos 20 minutos, mas a bola foi para fora. Logo em seguido, a atleta camisa 17 do Kindermann foi expulsa por reclamação e o jogo seguiu sem com uma jogadora a menos para o Kindermann.

Aos 31 minutos, Julia Cipriani mandou a bola para a área em uma cobrança de falta. No ataque, Julia Bianchi foi derrubada, sendo marcado, pela Juíza, a penalidade máxima. Pênalti favorecendo o Kindermann foi cobrado por Bruna Calderan que aproveitou a oportunidade e fez uma bela cobrança marcando o único gol da partida.

Próximo Jogo

O próximo jogo do Kindermann é novamente contra a Chapecoense, válido pelo returno do Catarinense. O jogo acontece no dia 27 de outubro, sábado, no Centro de Treinamentos da Chapecoense.

No dia 4 de novembro o Kindermann enfrenta o Marcílio Dias fora de casa. Se vencer o returno, o Kindermann é campeão. Caso outra equipe vença o returno, a final será disputa entre os dois campeões de cada turno.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.