Notícias de Caçador e Região

Com clube de poker e na rota dos principais torneios do Estado, poker em Caçador segue em alta

Caçador Pôquer Clube promove o poker na região e forma novos campeões
16

Não é de hoje que o poker é uma das modalidades mais populares do meio-oeste catarinense. Com tradição e competidores de destaque, nessa região o esporte da mente tem como uma de suas capitais a cidade de Caçador. Não faltam lugares para a prática dessa modalidade e a cidade continua na rota dos principais torneios do Estado.

O Caçador Pôquer Clube (CPC), localizado na Rua São Francisco de Assis, é o principal ponto de encontro dos entusiastas do poker que disputam campeonatos recreativos ou com alguma quantia de dinheiro envolvida. Espaço ideal para se divertir com as cartas e as fichas, o lugar já tem tradição no cenário estadual e, segundo a página oficial do clube no Facebook, está aberto desde 2015.

“O CPC foi idealizado por amigos apaixonados por esse jogo de habilidade. Temos como missão, promover a integração e recreação de seus praticantes em Caçador e região, estimulando a pratica do pôquer esportivo de forma justa, transparente e competitiva”, descreve uma página do site do clube.

Uma das maiores atrações do clube é a disputa do Campeonato Caçadorense de Hold’em (CCH), um torneio promovido para estimular a prática do poker em alto nível na cidade. Com muitas etapas ao longo da temporada, o CCH abrange profissionais e amadores.

O campeão do ranking ao vivo desta temporada terá como premiação um pacote completo que inclui buy-in (entrada) e hospedagem paga para a disputa da primeira etapa do King Series of Poker (KSOP) de 2020 — um dos maiores circuitos nacionais do país.

O CPC não é o único lugar para a prática do poker em Santa Catarina. Em 2017, o Brivali Hotel recebeu a quarta etapa da Liga Catarinense de Poker (LCP), um dos maiores campeonatos de poker no Estado. O evento foi um sucesso, superou as expectativas e cerca de 200 competidores compareceram ao salão de eventos do hotel.

Para este ano, Caçador será uma das sedes do conceituado Circuito Catarinense de Poker (CCP). Em 2019, o circuito segue viajando o Estado fomentando o poker em Santa Catarina. Além da etapa já realizada em Florianópolis, haverá competição em Balneário Camboriú (duas vezes), Caçador e Criciúma.

Popularidade em Caçador reflete o sucesso do poker de Santa Catarina

Caçador não é um caso de sucesso isolado no que tange ao poker catarinense. São várias cidades que são verdadeiros polos desse esporte a nível nacional. Balneário Camboriú, por exemplo, é uma delas e é nacionalmente reconhecida no ramo por ser a casa de vários competidores de destaque.

Já Florianópolis é uma das casas do maior circuito de poker do Brasil, o Brazilian Series of Poker (BSOP). No ano passado, a capital do Estado foi mais uma vez sede de uma das etapas e atraiu centenas de competidores para a cidade.

No rol dos competidores, os catarinenses estão muito bem-conceituados. Um dos grandes representantes é Bruno Volkmann, que é praticamente unanimidade entre os melhores do Brasil no poker. Além de Volkmann, outros como Rodrigo Garrido e Kelven Kerber também são nacionalmente conhecidos.

Em Caçador, existem alguns competidores que honram o nome da cidade em grande estilo nas mesas dos grandes torneios. Um deles é Paulo Henrique Barilka, caçadorense que conquistou a primeira etapa da Liga Catarinense de Poker. Na ocasião, o atleta precisou superar 267 adversários para levar mais de R$ 10 mil em prêmio.

Futuro promissor para o poker caçadorense

Poucas cidades além das capitais nacionais contam com uma competição municipal de tanto prestígio como o Campeonato Caçadorense de Hold’em e isso mostra como o poker em Caçador está em boa fase. Não faltam motivos para acreditar que essa modalidade só vai crescer entre os caçadorenses e assim surgir novos competidores para brilhar no cenário nacional.

Veja Também
Comentários
Loading...