Com apenas 8 vagas disponíveis na UTI infantil, SC anuncia abertura de 32 novos leitos

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Com lotação alta dos leitos de UTI infantil em Santa Catarina, o Governo do Estado anunciou que 32 novas unidades devem ser abertas em duas regiões catarinenses, nos próximos dias. Os leitos visam atender o público infantil, diante da alta demanda.

O anúncio foi feito pelo governador Jorginho Mello. Dos novos leitos, a maioria deve ser instalada na região do Vale do Itajaí, onde está prevista a abertura de 20 novas vagas no Hospital Imigrantes, em Brusque. Outros 12 leitos de UTI Neonatal serão abertos na Grande Florianópolis, sendo cinco no Hospital Ilha e sete no Hospital Regional de São José.

De acordo com a SES (Secretaria de Estado da Saúde), Santa Catarina tem registrado aumento de casos de doenças respiratórias, o que tem gerado grande demanda de leitos hospitalares infantis. A alta demanda tem sobrecarregado o sistema de saúde, conforme a pasta.

“O Estado não pode faltar onde ele é mais necessário, que é na saúde das crianças catarinenses. Sou pai e avô, sei o desespero que é ter uma criança doente em casa. Por isso, determinei a ampliação dos leitos no menor tempo possível, não existem desculpas que justifiquem a falta de vagas. Sabemos que o problema é histórico, mas nosso esforço é nesse sentido hoje. Saúde sempre é prioridade”, disse o governador Jorginho Mello.

Leitos de UTI infantil

Conforme dados do Painel Leitos de UTI SUS, da SES, Santa Catarina possui ativos 120 leitos de UTI Pediátrico e 237 de UTI Neonatal. Do total, havia apenas oitos unidades disponíveis no Estado,  sendo seis de UTI Neonatal e dois de UTI Pediátrico – conforme dados atualizados às 22h de terça-feira (23).

Pelas informações do Painel, seis das sete regiões catarinenses não tinham mais vagas em UTI Pediátrica. As duas vagas disponíveis ficam em hospitais da região Foz do Rio Itajaí.

Já em relação aos leitos Neonatal, as regiões Sul, Grande Florianópolis e Rio do Vale do Itajaí estavam sem leitos. As seis vagas restantes estavam disponíveis em hospitais das demais regiões, onde a taxa de ocupação também é alta e está acima de 95%.

Expectativa de mais leitos

Diante do cenário preocupante na área da saúde, em Santa Catarina, a SES informou que o governo estadual seguirá com o trabalho de ampliação de leitos.

Segundo a pasta,  está sendo alinhada a abertura de mais 48 unidades. Do total, 30 vagas devem ser abertas no Hospital Marieta Konder Bornhausen, de Itajaí.

Outras 10 unidades estão previstas para serem instaladas no Hospital Dom Joaquim, em Sombrio. O Hospital Regional de Araranguá, de Araranguá, também deve receber oito leitos.

A secretária também destaca que existem outras obras, já autorizadas pelo governador, em andamento. É o caso da ampliação do Hospital Infantil Joana de Gusmão, com leitos pediátricos e neonatais.

Com informações ND Mais

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp