Notícias de Caçador e Região

CNN demite três funcionários por não tomarem a vacina contra Covid-19: ‘tolerância zero’

Três funcionários da CNN foram demitidos nesta quinta-feira (5) por comparecerem ao trabalho sem terem tomado a vacina contra a Covid-19, nos Estados Unidos.

Segundo informações do The Guardian, o CEO da empresa, Jeff Tucker, enviou um memorando interno aos colaboradores informando a decisão.

“Deixem eu ser claro: temos uma política de tolerância zero neste assunto”, escreveu Tucker, no e-mail que foi obtido e divulgado amplamente pela imprensa estadunidense. Ir ao trabalho sem ter recebido o imunizante é uma violação à política da empresa.

A CNN não concedeu mais detalhes sobre as demissões, cargos ou o local onde os funcionários trabalhavam. Jeff Tucker afirmou, ainda, que o trabalho presencial na CNN, no momento, é voluntário, mas cerca de um terço dos funcionários já retornaram para as redações.

Além disso, a empresa se baseia em um “sistema de honra”, sem exigir o certificado de vacinação. Mas, segundo Tucker, isso pode mudar nas próximas semanas.

O líder da CNN informou que o uso de máscaras será requisitado em Atlanta, Washington e Los Angeles. “Até mesmo nos escritórios em que o uso de máscara não é obrigatório, as pessoas devem fazer o que se sentem confortáveis, sem nenhum medo de retaliação ou julgamento de colegas”, disse Jeff Tucker.

Empresas como o Google, Facebook e Uber recentemente anunciaram políticas que obrigam a vacinação dos funcionários que retornam ao trabalho presencial.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.