Notícias de Caçador e Região

Chuva continua e estado de alerta avança em SC

chuva deste sábado (19) segue preocupando a Defesa Civil do Estado para o risco de alagamentos e deslizamentos em diversas regiões. A Grande Florianópolis é a região mais preocupante no momento, pelo aumento de ocorrências e também foi onde mais choveu no Estado.

Ainda de acordo com a Defesa Civil choveu 117 milímetros apenas em Florianópolis, o que estava previsto para todo o mês de junho. A Estrada Geral da Vargem Grande está interditada no ponto final. O asfalto cedeu pela força da água de um rio.

Há vários pontos de alagamento na cidade. A SC 405 permanece interditada. Até o momento não há desabrigados.

Litoral Norte

Em Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, a Defesa Civil segue monitorando os rios e as regiões que podem ser afetadas pelas fortes chuvas.

O último boletim enviado às 20h deste sábado, aponta que choveu 72 mm em 12 horas em Camboriú. Várias ruas foram atingidas e os locais mais afetados foi o Monte Alegre e algumas ruas do bairro Areias.

Por volta das 18h o prefeito, Elcio Rogério Kuhnen, e uma equipe da Defesa Civil percorreram os pontos de alagamentos e foi constado que a água estava baixando em alguns locais.

No Monte Alegre, por exemplo, o rio Peroba que tinha transbordado voltou para a calha. Porém no jardim Europa, por volta das 19h, uma equipe do gabinete do prefeito e do vice foram até a localidade monitorar a situação e o córrego que foi limpo e alargado nessa semana a água transbordou.

Também foi monitorada as áreas de plantação de arroz que ficam atrás do Jardim Europa. Nesses locais a água está a cerca de 80 cm da rua e continua subindo.

De acordo com o boletim meteorológico da Defesa Civil do Estado a previsão é que chova entre 20 a 40 mm até a meia noite. Esse volume de chuva associada a um aumento da tábua da maré não descarta a possibilidade de novos alagamentos.

Os moradores da região do Jardim Europa devem ficar em estado de alerta, nas próximas horas. No interior a situação está controlada e de acordo com o monitoramento realizado nessa localidade, não há previsão que desça muita água, situação que foi predominante para encher o jardim Europa na semana passada.

Itajaí

As fortes chuvas registradas também colocaram a Defesa Civil de Itajaí em estado de monitoramento em função do solo permanecer encharcado com risco alto para deslizamentos. O órgão de segurança e proteção monitora as condições climáticas e as áreas de encosta do município e auxilia a comunidade durante 24 horas, além de vistoriar os pontos de alagamentos.

Os acumulados de chuva nas últimas 24 horas somam valores acima de 80 mm e até a noite de sábado, três ocorrências foram atendidas.

Duas delas ocorreram devido a princípios de deslizamentos de terra nas ruas Joaquim Luiz e João Cunha, no bairro Fazenda. Já a outra foi uma queda de árvore que interditou parcialmente a rua Marcos Albino, localizada no Rio do Meio.

“Nossas equipes estão com várias frentes de trabalho monitorando essa situação junto à comunidade durante 24 horas e de prontidão junto com as equipes da Secretaria de Obras”, ressalta o coordenador da Defesa Civil de Itajaí, Julcemar Martinho Ferreira.

Balneário Camboriú

Em Balneário Camboriú, foi registrado um deslizamento de terra na encosta da Avenida Panorâmica, que ocasionou a interdição temporária da via, até a limpeza do local realizada pela Secretaria de Obras.

Nas últimas 12h foi registrado 27 mm de chuva. Foram registrados pontos de alagamento em diversos pontos da cidade, em virtude da forte chuva deste sábado. O alerta segue até 9h da manhã de domingo (20).

Brusque

Em Brusque a situação segue controlada, o bairro Poço Fundo foi o que mais registrou volume de acumulado com 40,93mm em 24h que de acordo com Defesa Civil, satura o solo mas sem causar grandes estragos.

Nenhuma ocorrência grave foi registrada. O rio Itajaí Mirim teve pequena alteração e em Botuverá esta em 89 centímetros e em Brusque 2,84 metros.

A Defesa Civil do Estado divulgou agora a noite os maiores acumulados do Estado, confira:

 

Veja Também

Comentários estão fechados.