Notícias de Caçador e Região

Centro Social Marista Caçador busca parcerias para construção de parque no bairro Martello

No Bairro Martello, onde está localizado o Centro Social Marista Caçador, faltam espaços para que as crianças possam brincar ao ar livre e com segurança. Além de ser um direito das crianças garantido em lei, brincar é fundamental para o desenvolvimento infantil. Por isso, o Centro Social está construindo um parque na região e busca parceiros que possam contribuir para a conclusão das obras.

“A comunidade vive em condições de vulnerabilidade social, com poucos espaços para lazer, realização de atividades culturais, de convivência e promoção dos direitos humanos. Acreditamos que todos nós somos  co-responsáveis pelo desenvolvimento deste bairro, e contamos com o apoio dos futuros parceiros para juntos proporcionarmos uma melhor qualidade de vida para nossa comunidade”, explica o coordenador pedagógico, Danilo Vaz.

A construção do parque faz parte do projeto “Brincar é coisa séria”, que tem como objetivo realizar ações que promovam o direito ao brincar e atividades gratuitas oferecidas no contra-turno escolar.

De acordo com Dione Gomes, diretor do Centro Social Marista Caçador, o objetivo é fortalecer o vínculo com a comunidade e disponibilizar o parque para todos. “A ideia é que o espaço seja liberado para uso ainda no segundo semestre deste ano, para que as crianças possam aproveitar e se divertir com suas famílias o quanto antes”, diz.

Orçamento:

Para a construção do espaço, a instituição cedeu o terreno e utilizou recursos próprios de R$ 15 mil para a estruturação do local. Porém, para a aquisição dos brinquedos, o orçamento é de R$ 55.800. É para este valor que o Centro Social Marista busca parceiros. Com este recurso, serão adquiridos brinquedos variados, como gangorras, área para escalada, escorregadores, balanços e pontes, entre outros. O parque receberá ainda outros brinquedos que serão construídos pelos próprios educandos, familiares e comunidade com materiais recicláveis e pneus usados.

A comunidade poderá utilizar o parquinho nos finais de expediente do Centro Social e também nos finais de semana e feriados, possibilitando o acesso a todos que queiram aproveitar o ambiente de lazer e convivência com as crianças.

Os interessados em contribuir com a construção do espaço podem entrar em contato com o diretor da unidade, Dione Gomes, pelo telefone (49) 3563-6379 ou pelo e-mail [email protected].

Veja Também
Comentários
Loading...