Notícias de Caçador e Região

Casal de ciclistas mortos em acidente na BR-101 tinha três filhos e havia comprado bicicletas dias antes

Casal de ciclistas mortos em acidente na BR-101 tinha três filhos e havia comprado bicicletas dias antes
O casal de ciclistas que morreu neste domingo, dia 6, após o tombamento de um caminhão na BR-101 em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, tinha três filhos e havia comprado as bicicletas há poucos dias.

Segundo Pamela Belusso, cunhada de Ivan Antônio Belusso, de 40 anos, ele e Suellen Schveitzer Belusso, de 36, eram casados há 20 anos e pais uma jovem de 19 anos, que ficou em casa cuidando dos irmãos de 12 e 2 anos.

De acordo com a familiar, em reportagem publicada pelo G1, o interesse pelo ciclismo era recente. Segundo Pamela, o casal avisou a família que faria o passeio no domingo.

“Faz uma semana que eles estavam começando a praticar ciclismo. Era a primeira vez que eles estavam fazendo esse trajeto. Tinham comprado há pouco tempo as bicicletas. Eles gostavam muito de esportes e viagens”, disse a cunhada de Ivan.

Em sua última postagem nas redes sociais, Suellen registrou, ao lado do marido, o primeiro passeio com as bicicletas novas.

Ivan era supervisor comercial e Suellen empresária. A família morava em Camboriú. Ivan era natural de Maravilha, no Oeste, e Suellen era de Itajaí.

Segundo o ND Mais, eles pedalavam na subida do Morro do Boi quando foram atingidos por uma carreta carregada de madeira, que tombou. Além do casal, outros dois motociclistas, identificados como Francielin Sperandio e Alan Leodoro, morreram na tragédia.

Com informações Oeste Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.