Notícias de Caçador e Região

Casal acusado de matar amante após ‘triângulo amoroso’ é preso em SC

O casal que se juntou para matar estrangulado o amante da mulher foi preso nesta terça-feira (3) pela Polícia Civil, por meio da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Itajaí.

Os presos, um homem de 47 anos e uma mulher de 33, são acusados de homicídio qualificado por motivo torpe e pela asfixia da vítima. Eles foram encontrados em Itapema, também no Litoral Norte, onde estavam morando.

O corpo da vítima foi encontrado no dia 21 de novembro do ano passado Às margens do rio Itajaí-Mirim, em Itajaí. Ele estava amarrado com cordas no pescoço e já em avançado estado de decomposição.

A vítima, de 25 anos, segundo a polícia, se envolveu em um relacionamento com a mulher casada. Todos os três moravam em Blumenau, no Vale do Itajaí.

Um “triângulo amoroso” se criou, entre términos e retornos, violência e ameaças entre os três durante meses, conforme revelou a polícia. A mulher e o amante teriam fugido para São Ludgero em agosto de 2021.

No dia 12 de novembro, a vítima saiu para trabalhar e não foi mais visto. As investigações revelaram que o marido traído foi até a São Ludgero, e, após discutir com ele, matou a vítima por estrangulamento. Ele ainda teria colocado o corpo no carro, dirigido até Itajaí, amarrado a vítima pelo pescoço e pelas pernas em um bloco de concreto, e o jogado no rio.

A mulher ainda mantinha contato com o ex-marido e, segundo a polícia, teria ajudado ele a se preparar para o crime e na destruição das provas. Agora, o casal segue preso preventivamente.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.