Notícias de Caçador e Região

Carlos Moisés pede a secretário análise sobre modelo de cadeia sem agentes prisionais em SC

Dentro da programação do encontro de governadores do Sul e Sudeste em Belo Horizonte (MG), no sábado, Carlos Moisés da Silva conheceu o modelo da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em que não há agente prisional e os próprios detentos cuidam do ambiente interno. Os chefes do Executivo foram na unidade de Santa Luzia. Em Santa Catarina há projeto para a abertura de uma Apac feminina em Florianópolis.

Logo após a visita, Carlos Moisés e o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, ligaram para o secretário de Justiça e Cidadania, Leandro Lima, e pediram a ele que se aprofunde no modelo. Ambos ouviram o secretário que já há uma lei que permite o funcionamento da Apac no Estado. Um grupo será montado dentro da pasta para analisar como colocar o projeto em operação. Tanto Moisés como Borba gostaram do que viram em Minas.

Com informações NSC Total 

Veja Também

Comentários estão fechados.