Notícias de Caçador e Região

Caminhão invadiu a pista contrária e atingiu ônibus, diz PRF

A Polícia Rodoviária Federal já sabe o motivo do acidente que deixou 4 mortos nesta terça-feira, 1, na BR 470. Segundo a PRF foi o caminhão que invadiu a pista contrária e acabou colidindo com o ônibus.

“O acidente o ocorreu na mão em que o ônibus transitava. O caminhão que se deslocava sentido Lages invadiu a pista onde estava o ônibus. As causas que levaram a isso estão sendo apuradas e serão divulgadas quando o boletim for emitido pela PRF em aproximadamente 5 dias”, explicou o policial rodoviário Santiago.

As testemunhas já foram ouvidas pelos policiais, além de passageiros, tudo afim de entender porque o caminhão teria cruzado a pista e atingiu o ônibus. A hipótese de que o pneu teria estourado e fez com que o motorista perdesse o controle do veículo também foi levantada. Todos os fatos estão sendo apurados e até o momento são apenas hipóteses, destacou o policial.

O Gerente da Reunidas no Meio-Oeste, Miltom Caramori, lamentou a perda do motorista que morava em Joaçaba. Segundo ele o motorista ainda tentou evitar o acidente. “Ele vinha normal e pelo que gente viu ele ainda jogou o ônibus no mato para tentar evitar a colisão, mas infelizmente não deu e perdemos mais um companheiro”, destacou Caramori.

O executivo da empresa também desabafou sobre a onda de acidentes envolvendo ônibus. “Muita gente fala a Reunidas e tal, mas bateram em nós, não foi nós que batemos em alguém, nosso motorista vinha normal, trafegava a 70 por hora em uma reta, mas infelizmente o caminhão o pegou”, finalizou.

O caminhão, que transportava esterco líquido, pertence a empresa Copercampos. Na tarde desta quarta-feira, 2, a cooperativa divulgou uma nota sobre o acidente. Leia abaixo.

“A direção e funcionários da Copercampos, ainda consternados com o acidente automobilístico, ocorrido ontem, dia 1º/03/2016, na Rodovia BR 470, Km 298,5, nas proximidades de Campos Novos (SC), envolvendo um veículo de nossa empresa, e outro da empresa Reunidas, vem a público esclarecer:

Desde o primeiro momento, a empresa Copercampos não mediu esforços para atender as vítimas, passageiros e motoristas que estavam nos veículos envolvidos no sinistro, bem como, de dar toda assistência aos familiares.

Declaramos que a empresa Copercampos prestou atendimento imediato no local do acidente, com equipe de tráfego, e continua dando toda a assistência e assessoria as partes prejudicadas.

Outrossim, destacamos que a Copercampos mantém um rígido controle de manutenção de sua frota.

Um dos veículos, o qual viu-se envolvido no acidente pertence a cooperativa e estava em perfeitas condições de trafegabilidade, atendia a legislação vigente, passou por vistorias de órgãos concedentes responsáveis e estava com todas as manutenções em dia.

Salutar que a preocupação com a segurança e bem-estar de seus funcionários é uma das premissas primordiais da Copercampos.

Também merece destaque que o horário de trabalho do motorista estava dentro da carga horária permitida pela legislação vigente”.

Informações: Rádio Catarinense

 

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.