Notícias de Caçador e Região

Câmara homenageia Amélio Busatto

Durante a sessão ordinária desta segunda-feira (20), os vereadores fizeram um minuto de silêncio em homenagem ao ex-vereador Amélio Luiz Busatto, que faleceu neste domingo (19), aos 84 anos. Além de vários trabalhos importantes realizados voluntariamente no Município, ele exerceu a Vereança em Caçador entre os anos de 1977 e 1983.

O presidente Rubiano Schmitz fez a leitura de um breve histórico do ex-vereador.

Amélio Luiz Busato nasceu em Passo Fundo (RS) no dia 25 de abril de 1932. Filho de Florêncio Busato e Luiza Gemelli Busato, foi casado com Haidê Benetti Busato e era pai de cinco filhos: Ricardo, Márcio, Vinícius, Gláucia Luiza e João Oscar. Possuía ainda seis netos.

Sempre envolvido com a comunidade, administrou voluntariamente o antigo Hospital Jonas Ramos em uma das suas gestões.  Trabalhou com advocacia na Empresa Tróia, de Videira, fazendo levantamento de aposentadorias e revisão de salários, beneficiando cerca de três mil pessoas.

Como vereador, foi destaque especialmente junto aos mais humildes. Religioso, foi dele a indicação ao Executivo para a construção do monumento da Bíblia, localizado na Praça Nossa Senhora Aparecida.

Além disso, ao lado de outros caçadorenses, foi responsável pela doação de mármores, importados da Itália, para a construção do altar da Catedral São Francisco de Assis.

Ao lado da esposa, foi também fundador da escola de Pais do Brasil em Caçador.

Veja Também

Comentários estão fechados.