Notícias de Caçador e Região

Cães, sem donos, que ficam no Parque Central serão recolhidos

O abandono de animais sempre foi um assunto delicado. O problema já foi muito debatido, mas o número de abandono ainda é muito alto e o número de adoção é muito baixo, não tendo como absorver todos os animais.

Muitos desses animais, atraídos por comida acabam parando no Parque Central José Rossi Adami. Isso vem incomodando e trazendo muitos contratempos para os frequentadores do espaço, na área central da cidade.

Estes animais não tem donos e são alimentados por frequentadores do local, levando comida e desta maneira atraindo ainda mais animais.

Na semana passada, um episódio ganhou as redes sociais. Um homem foi mordido na perna por um cachorro abandonado. Ele postou a sua indignação do ocorrido no Facebook. O homem foi atendido na UPA e medicado e está bem, mas o caso levantou um alerta sobre os animais abandonados.

Após o episódio, a Secretaria de Agricultura, juntamente com o Centro de Bem-Estar Animal começaram a recolher os animais que ficam no Parque Central. Segundo a Secretaria de Agricultura, são oito animais que habitualmente ficam no local ou pelas imediações. A orientação é de que as pessoas evitem alimentar os cães, pois isso é um estímulo para ficarem no parque.

Ainda nesta semana, novas tentativas de captura de cães serão feitas para tirar estes animais das ruas.

Veja Também

Comentários estão fechados.