Notícias de Caçador e Região

Caçadorense precisa de ajuda na luta contra o câncer

A caçadorense Camila de Lima Galvão está neste momento enfrentando mais um desafio na luta contra o câncer. Uma vakinha virtual foi criada por familiares na intenção de captar os R$ 52 mil para esta nova etapa do tratamento pela vida.

De acordo com sua tia Janete, Camila é portadora de Linfoma de Hodgkin IIIB, um câncer agressivo que acomete o sistema linfático. Ela já passou pelos tratamentos convencionais ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tais como quimioterapia e radioterapia, no entanto a doença reapareceu em pouco tempo.

Devido à recaída, fez protocolo de duas quimioterapias de internação, mas sem obter remissão da doença. Passou a utilizar uma medicação de alto custo, chamada brentuximabe vedotina, que até então foi custeada via judicial. Porém não combateu a doença, e em exame de imagem mais recente mostrou sua ineficácia com o aumento de cadeias linfáticas comprometidas.

Perante este cenário, de acordo com Janete, “foi-se entrado com um novo pedido judicial para custeio de uma outra medicação, denominada nivolumabe (opdivo), no entanto como ainda não houve cumprimento por parte da justiça devido ao prazo dado, a família decidiu fazer empréstimos para poder custear o tratamento e dar uma certa qualidade de vida pra Camila”.

Ainda de acordo com a tia, com o tratamento ela tem mostrado uma melhora, mesmo que ainda tendo só um pulmão funcionando (o outro foi comprometido por causa do tumor que desenvolveu-se no tórax). Ainda sente dores no corpo e não consegue caminhar direito. Mesmo assim, não apresenta mais os sintomas causados pela doença, como tosse persistente, cansaço, coceira pelo corpo, inchaço. Estamos pedindo qualquer valor, tudo é válido neste momento”, declara Janete.

O endereço da vakinha para quem desejar contribuir é:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/camila-de-lima-galvao?utm_campaign=whatsapp&utm_content=3369948&utm_medium=website&utm_source=social-shares

Mais informações pelo telefone 49 9957 7053 com Janete.

Com informações Jornal Extra 

Veja Também

Comentários estão fechados.