Início / Destaques / Caçadorense cobra solução de problemas no jogo contra o Próspera

Caçadorense cobra solução de problemas no jogo contra o Próspera

O jogo da Caçadorense e Próspera, em Criciúma foi um tanto quanto conturbado no sábado, 13, na casa dos adversários. Torcedores por pouco não invadiram o vestiário onde a equipe de Caçador estava e ao final precisaram de escolta da Polícia Militar.

Confira a nota encaminhada a Confederação Catarinense de Futebol

Viemos por meio deste relatar vários fatos extremos e desagradáveis que colocaram em risco a integridade física de atletas e dirigentes da nossa equipe no jogo 26, que ocorreu na cidade de Criciúma no dia 14 de outubro diante do EC.Próspera. Vamos aos fatos: Ao chegar no estádio foi proibido o acesso do nosso ônibus até a porta do vestiário por uma pessoa identificada com o uniforme do Próspera, foi determinado que o ônibus ficasse estacionado em outra rua denominada como praça, informando que para que ficasse no estacionamento do estádio seria cobrado estacionamento, o ônibus ficou aproximadamente 300 metros do estádio. Logo em seguida, foi necessário um diretor nosso voltar até o ônibus buscar um material, sendo que este foi ameaçado e teve a necessidade de correr de um grupo de torcedores identificados como torcida organizada, logo após nosso diretor entrar no vestiário, a porta foi “chutada por várias vezes e houve estouro de rojões” (vídeo). Ao final do jogo, foram arremessados copos de cheio cerveja e uma pedra contra nossos atletas, vários torcedores subiram no alambrado para invadir o campo, sendo contidos por policiais que ali se encontravam ambos os objetos foram recolhidos e entregues ao delegado da partida. Fui até o vestiário da arbitragem e confirmei que os objetos estavam de posse do delegado que afirmou isso em frente aos árbitros, porém ao ser solicitado que tal fato fosse colocado na súmula o delegado respondeu que estava analisando isso, insisti que gostaria que o árbitro colocasse na súmula, e novamente o delegado me respondeu que seria colocado o que foi visto por eles, indaguei que sendo assim com certeza relataria na súmula a pedra que estava de posse dele e foi arremessada dentro do campo, foi quando disse que faria o trabalho dele e insistiu para que me retirasse do vestiário, educadamente atendi seu pedido. Ainda na parte externa foi necessária a presença da Policia Militar no vestiário para garantir a segurança da equipe. Dessa forma, exigimos as providencias cabíveis ao fato, visto que não é oque a direção desta Federação e nós como afiliados entendemos como futebol sério.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sobre Notícia Hoje

O Portal Notícia Hoje foi criado com o objetivo de ser uma alternativa na comunicação online. Trazendo notícias de Caçador e região, aborda política, economia, segurança, esportes e variedades e já se consolidou como referência na informação com rapidez e credibilidade.

Veja também

Centro de Bem-Estar Animal de Caçador realizou mais de 1500 procedimentos

  O Centro de Bem-Estar Animal de Caçador realizou, até o mês de outubro, 1579 …