Notícias de Caçador e Região

Caçador registra o maior número de curados do Covid-19; são 38 pacientes

A Vigilância Epidemiológica de Caçador registrou o maior número de curados do Covid-19 desde o início da pandemia. São 38 pacientes curados chegando a 197 pessoas. Ainda, 18 novos casos foram notificados. Agora são 355 casos confirmados, sendo nove mortos.

Houve novas inclusões de testes realizados em Caçador, pelo Maicé e por laboratório particular. Por isso, o número teve um grande aumento. Estes números incluem os pacientes testados tanto na rede pública quanto privada de Caçador, incluindo farmácias, laboratórios, Hospital Maicé, UPA e empresas.

Para evitar o contágio da Covid-19, o alerta da Vigilância Epidemiológica é para que as pessoas parem de fazer reuniões e festas particulares, algo que passou a se intensificar diariamente.

Se sair de casa, use máscara e higienize as mãos. A responsabilidade não é apenas da Prefeitura, mas sim, de todos os cidadãos!

Vigilância Epidemiológica de Caçador
– 355 casos confirmados: 197 estão curados; 140 isolados em casa; 9 internados no Maicé; 9 foram a óbito (1 homem, 84 anos; 1 mulher, 87 anos; 1 homem, 89 anos; 1 homem, 51 anos; 1 mulher, de 75 anos; 1 homem, de 66 anos; 1 mulher, de 80 anos; mulher, 91 anos; homem, 81 anos, que estava morando em Florianópolis, mas ainda mantinha carteira de Saúde de Caçador).
– Testes realizados: 6007
– Pacientes monitorados: 1029

Maicé
– São 18 pacientes internados na UTI (do total de 20 leitos): 9 estão confirmados com Covid-19 (4 de Caçador / 5 de outras cidades), 8 são suspeitos e 1 é negativo, mas está internado para continuidade do tratamento.

– Na Ala Clínica (isolamento), há 14 pacientes internados (do total de 32 leitos): 9 confirmados (5 de Caçador e 4 de outras cidades), 3 suspeitos e, 2, negativos, mas internados para a continuidade do tratamento.
ÓBITO: Foi registrado o óbito de um paciente que estava internado no hospital Maicé. Ele é de Itapema e estava na UTI.

Acompanhe os boletins online em http://saudecacador.com.br/painelcovid

Veja Também

Comentários estão fechados.