Notícias de Caçador e Região

Brasil perde para a Croácia nos pênaltis e tá fora da Copa do Mundo do Catar

Croácia e Brasil fizeram jogo duríssimo válido pelas quartas de final da Copa do Mundo do Catar 2022, no começo da tarde (de Brasília) desta sexta-feira (9), no estádio Cidade da Educação.

História

O Brasil chegou para o confronto embalado pela goleada sobre a Coreia do Sul. Ainda que pudesse soar empáfia, a verdade é que o Brasil será sempre favorito, independente do adversário.

Nada mais natural que diante da Croácia, vice-campeã mundial, com campanha tímida até aqui, no Catar, que o Brasil se mostrasse o time a ser batido.

Se de um lado o time de Tite enfiou 4 na Coreia do Sul, os croatas se arrastaram em mais de duas horas de jogo diante do Japão, em classificação que chegou somente nos pênaltis.

1º tempo amarrado

Os primeiros 45 minutos, se o Brasil passou o carro sobre a Coreia, diante da Croácia, não foi bem assim. Pelo contrário, com uma marcação bem costurada, os croatas não foram ameaçados pelo Brasil.

Apesar das tentativas de Neymar, Vini Jr e Paquetá, o time de Tite se mostrou pouco criativo no primeiro tempo.

A Croácia, muito concentrada na partida, aproveitou um Brasil adiantado para ameaçar ainda que não tenha, efetivamente, arrematado contra o gol de Alisson.

2ª etapa quase igual

O panorama do jogo, entre Croácia e Brasil, até se manteve na segunda etapa. Os europeus, no entanto, começaram a sentir o desgaste da partida anterior antes do 20 minutos.

O Brasil, mesmo assim, não conseguiu tirar o maior dos proveitos. Apesar de aumentar sua posse de bola, o time de Tite ainda teve grandes dificuldades para atacar a meta da Croácia.

Lucas Paquetá, Vinicius Júnior e Neymar tiveram chances, mas pararam no goleiro Livakovic.

Resultado de tamanho “imbróglio” foi apenas um: jogo na prorrogação.

Prorrogação

Foi nos descontos da primeira etapa da prorrogação que, finalmente, saiu o gol do Brasil. Neymar arrumou uma grande tabela com Lucas Paquetá, conseguiu limpar o goleiro e mandar para o alto da rede do goleiro da Croácia.

Foi o gol em formato de alívio para a seleção e para o estádio Cidade da Educação, praticamente, preenchido por brasileiros. A segunda etapa da prorrogação foi tensa e o que parecia impossível aconteceu: contra-ataque rápido da Croácia onde Petkovic, sozinho, completou para o gol.

Empate dos croatas en 1 a 1 que deu um balde de água fria em todo o elenco da seleção brasileira e presentes no estádio.

Próxima parada

O vencedor do confronto vai disputar a fase semifinal na próxima terça-feira (13), às 16h, diante do vencedor entre Holanda e Argentina, que jogam nesta sexta-feira, a partir das 16h (de Brasília, como sempre)

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.