Notícias de Caçador e Região

Bolsonaro se irrita com motociata em Florianópolis: “Não foi batido o martelo”

O presidente Jair Bolsonaro não gostou de saber que parlamentares catarinenses anunciaram uma “motociada” com a presença dele em Florianópolis, no dia 14 de agosto. Em um vídeo gravado por um canal bolsonarista, e divulgado nas redes sociais, o presidente diz a apoiadores que “não foi batido o martelo”.

Quem questiona o presidente é um apoiador que afirma ser de Biguaçu.

– Conhece Chapecó? – diz Bolsonaro. – Vamos para Chapecó no último fim de semana?

O presidente faz referência à motociata que agendou na região Oeste para o dia 26 de junho. Mas o homem responde que estará com ele na Capital

– Dia 14 de agosto em Florianópolis, (o senador) Jorginho Mello e (o deputado federal) Daniel Freitas já anunciaram ontem, a motociata.

Bolsonaro se mostra contrariado:

– Ah, mas peraí. Não, não. Não trataram, não foi batido o martelo ainda. Muita gente vai, conversa comigo e já divulga. Não dá certo – reclamou o presidente.

A divulgação da motociata em Florianópolis foi feita pelos dois parlamentares nas redes sociais. Na terça-feira, o colega Anderson Silva adiantou que o prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), havia “dado um chapéu” no senador Jorginho Mello ao sair na frente com o anúncio de uma motociata com o presidente.

Os dois tentavam trazer Bolsonaro a SC.

A assessoria de Daniel Freitas informou que a agenda na Capital foi alinhada com a Casa Civil, mas pode haver algum conflito de agenda – por isso a data deve ser confirmada mais próximo do evento.
O senador Jorginho Mello, que está na CPI da Covid nesta quarta-feira, ainda não se manifestou sobre a fala do presidente.

Com informações NSC Total 

Veja Também

Comentários estão fechados.