Notícias de Caçador e Região

Big Sur, uma viagem de carro pela Califórnia que você precisa fazer – Por Gisele e Dênis

Afinal, o que é essa tal de Big Sur? Qual sua relação com a Califórnia? Devo usar um carro para visitá-lá? E por que eu preciso ir?

Não perca sexta feira no globo……não não, continue a ler o artigo que você terá estas respostas e muito mais. Deixa a Globo fora disso.

A famosa (as vezes nem tanto aqui no Brasil) Big Sur não é uma cidade. Trata-se na verdade de um trecho da rodovia Highway 1 de aproximadamente 145 km que liga Los Angeles a San Francisco (cidades que pertencem ao estado da Califórnia nos Estados Unidos).

Percorrer esta rodovia de carro vai lhe permitir ver paisagens e praias incríveis banhadas pelo majestoso Oceano Pacífico. Algo parecido só mesmo na nossa viagem as Ilhas Faroe e Mallorca na Espanha.  Acompanhe agora um pouco da nossa aventura e impressões dessa viagem.

Maio de 2012

Nossa viagem começou na empolgante Las Vegas. Alugamos nosso carro no aeroporto mesmo e ficamos com ele por 11 dias devolvendo-o em San Francisco. Com sua carteira de motorista do Brasil, um GPS (oferecido pela locadora) e motivação você vai dirigir tranquilamente por qualquer ponto dos Estados Unidos, pode acreditar. Nessa viagem alugamos nosso carro com a companhia Hertz, mas temos certeza que a Sixt e Avis podem lhe atender muito bem também. Não esqueça de reservar com antecedência para garantir um bom preço.

3 dias em Vegas, mas dois em Los Angeles e começamos nossa aventura….

Estávamos em 5 nessa viagem e mais “algumas malas”. A menor integrante (Gisele) teve que ficar no fundão

O trecho entre Los Angeles e San Francisco pela Highway 1 é de aproximadamente 800 km. Dá para fazer em um dia (não aconselhável), 2 dias e até uma semana, vai depender de quantas paradas você vai fazer. No nosso caso fizemos em dois dias. No primeiro, saímos bem cedo de Los Angeles. A ideia era ir parando e aproveitando a viagem pois teríamos nesse primeiro trecho apenas 371 km até o Hotel na região de San Simeon. É importante salientar que não estávamos percorrendo a Big Sur nesse dia, mas valeu a pena pelas paradas “estratégicas”.

A primeira delas a 153 km de Los Angeles foi a charmosa cidade de Santa Barbara.

Cidade calma, onde a grande maioria fala Espanhol. Dê um voltinha a pé pelas redondezas.

 

Aproveite para fazer um “garimpo” na Masrshalls (olha a pequena sacolinha da Gisele)

Aproximadamente 170 km depois e mais algumas paradas chegamos na cidade de Morro Bay!

Na verdade essa não é uma foto nossa, colocamos apenas para demonstrar Morro Bay (é um Morro mesmo) com mais detalhes.

 

Essa é a nossa foto…Uma forte Neblina estava cobrindo “nosso Morro” nessa tarde

De qualquer forma vale a pena dar uma volta pela beira mar. Tem vários jardins e bares legais pela praia até você chegar no cartão postal da cidade. Muitos esquilos vão te acompanhar pelo caminho.

Viagem que segue! Você acha que viajar é só “sombra e água fresca”? #aguentaGi #táquase

Tínhamos apenas 50 km a percorrer até nosso hotel em San Simeon e resolvemos ir parando em alguns lugares. Todos sem planejamento e no improviso.

Chegamos na lindíssima Cambria. O Nevoeiro e a ausência total de pessoas só deu mais charme ao local

 

Obviamente fomos dar aquela explorada.

 

Vamos Gi!!

Ao final da tarde chegamos ao nosso destino: o Hotel San Simeon Lodge que fica a beira do Oceano Pacífico. Percebemos que o sol havia voltado. Agora, uma grande lição que aprendemos na Califórnia: final de tarde a beira do Pacífico é sinônimo de Pôr do Sol Inesquecível a sua disposição e de graça.

Valor imensurável

Você chegou até aqui e pode estar se perguntando: E a Big Sur?

No outro dia bem cedo, saindo do nosso hotel em San Simeon e continuamos nossa rota rumo a San Francisco, 8 km depois e já estávamos passamos pela entrada do Hearst Castle. Esse castelo tem décadas de vida e é muito interessante seu interior, arquitetura e piscinas. Você acaba contratando Tours para desbravar o castelo que fica no alto de um morro. Como queríamos fazer uma viagem com muitas paradas pela Big Sur optamos por seguir em frente. Se você for dormir em algum ponto antes de San Francisco vale a pena a visita.

Uma das piscinas do Castelo

Embarcamos no carro e menos de 10 km depois avistamos uma multidão de pessoas que estava aglomerada em um mirante próximo da praia. Toda vez que você ver esse tipo de “aglomero” pare seu carro pois as chances de ter algo para tirar uma bela foto são grandes. Essa foi a primeira parada de dezenas que ainda iríamos fazer.

Piedras Blancas Vista Point.

Nunca havíamos visto tantos Leões Marinhos juntos ao mesmo tempo. Todos eles estavam tomando seu banho de sol matinal e alguns chegavam a fazer pose para os turistas. Parada curiosa, engraçada e muito linda.

Viagem que segue

 

Natureza não mede esforços por aqui

O interessante de estar de carro é o fato de aproveitar os inúmeros mirantes que existem a beira da estrada. Em todos eles você terá a oportunidade de tirar fotos muito bonitas. Por isso é importante você fazer esse trecho por um dia inteiro, com toda calma e contemplação que o local merece.

No entanto algo muito triste ocorreu algumas dezenas de quilômetros após a foto anterior, a Gisele foi presa…

500 kg de drogas escondidas nas sacolas da Ross….

O Dênis tentou lutar ferozmente contra o escrupuloso policial, mas acabou tendo o mesmo destino…..

Olha a cara de satisfação do Policial

Ok, não se apavore. Foi só uma brincadeirinha e um temperinho a mais na viagem. Estávamos em mais um mirante quando este simpático policial encostou seu carro ao lado do nosso e pediu de onde éramos. Quando falamos Brasil ele se empolgou. É incrível como os Californianos não parecem nem um pouco com os americanos de outros estados….. Ele nos emprestou seu super binoculo para avistarmos umas baleias, brincou, explicou um pouco sobre o local e deu a ideia das fotos acima, show né?

Foto tirada no mirante do “flagrante”

Além do mar, montanhas, castelos, leões marinhos, baleias e policiais legais a Big Sur te oferece lindas e charmosas florestas com direito a rio e cenários de filme.

Trilhas podem ser feitas por aqui. Mas ficamos só no inicio mesmo

 

 

 

Muito gostoso sentir o ar puro daqui

 

Perfeito

E depois de cada curva, um novo cenário ia surgindo. Vai aqui uma dica muito importante: abasteça seu carro ainda pela região de San Simeon. Depois de lá  e por praticamente toda a Big Sur não encontramos nenhum posto e quase ficamos pela estrada.

Agora preste atenção na próxima foto:

Ponte Pfeiffer Canyon Bridge um dos maiores Cartões Postais da Big Sur

Devido a fortes chuvas entre Fevereiro e Março deste ano (2017) uma parte da estrutura desta ponte foi danificada e a rodovia foi interditada. Existe uma previsão otimista que em Setembro deste ano tudo estará resolvido, antes de programar sua viagem para a Big Sur leve isso em consideração.

Uma praia mais bonita que a outra

A maior parte destas praias podem ser acessadas por trilhas e poucas por carro. Uma vez que estava frio e nosso objetivo era curtir a viagem de carro priorizamos apenas os mirantes mesmo. Temos certeza que existem inúmeras praias escondidas e maravilhosas, joga no google, você vai se surpreender.

Casal 20

As horas passaram voando nesse dia, mas as lembranças de todas as paradas e paisagens incríveis que presenciamos estão guardadas para sempre em nossas memórias. O dia chegou ao fim e a Big Sur também, mas nossa Trip ainda tinha muito a nos oferecer…….

Chegamos em San Francisco! Mas isso já é outra história……

E então, o que você achou de mais esse lindo destino? Não tenha medo de dirigir nos EUA, lembre-se que se dirigimos no Brasil podemos enfrentar qualquer lugar do mundo. Ficou com dúvidas ou quer compartilhar algo? Comente, envie email para [email protected] ou acompanhe as últimas novidades em nosso Instagram ou no nosso site clicando aqui. Com certeza ficaremos muito felizes em interagir com você.

Até Breve

 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.