Notícias de Caçador e Região

Bebê é abandonada em valeta a poucos metros do corpo da mãe no PR

623

Uma história triste se desenrola em Carambeí desde a madrugada desta sexta-feira (1). Tudo começou quando trabalhadores passavam pela Estrada do Areião, nas proximidades da pedreira e ouviram o choro de um bebê. A criança, uma menina de cerca de 3 meses, estava em uma valeta ao lado da estrada de chão.

Os amigos avisaram a polícia e seguiram com a pequena até o posto de saúde. Conforme o relato dos amigos que resgataram a criança, “ela parou de chorar quando eles a enrolaram em um casaco”. O Conselho Tutelar foi acionado e familiares da bebê localizados. A menina passa bem, e foi entregue aos familiares.

A polícia seguiu, no entanto, a procura da mãe da menina. O corpo da mulher foi localizado pela manhã, distante cerca de 300 metros de onde a criança foi localizada, também em uma valeta. De acordo com a polícia, o corpo apresentava sinais de violência, mas ainda não é possível precisar a causa da morte. A vítima tem 30 anos e é era moradora do Novo Horizonte.

A Polícia Civil iniciou as investigações e a princípio, a morte da mulher pode ter sido acidental, uma vez que não há indícios de agressões e sim que o ferimento que a mulher apresenta na cabeça, seria compatível com uma queda.  Conforme o que foi repassado por familiares a polícia, a vítima seria dependente química e pode ter deixado a criança na valeta nas proximidades para fumar crack e ter caído e lesionado a cabeça, morrendo na sequência. Apesar disto, estas são informações preliminares e tudo será investigado pela polícia. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal para ser necropsiado.

Com informações Vvale 

 

Veja Também
Comentários
Loading...