Notícias de Caçador e Região

Avó e companheiro são indiciados por estupro de vulnerável, em SC

Maio é o mês de combate ao abuso sexual infantil e, em Araquari, um caso chocou e chamou a atenção na terça-feira (26). A Polícia Civil concluiu as investigações que foram iniciadas em março e apontaram a avó e o companheiro por estupro de vulnerável de uma criança de 14 anos.

De acordo com o delegado Tiago Escudeiro, os abusos aconteceram quando a garota tinha 13 anos. A denúncia inicial partiu da comunidade, que informou ao Conselho Tutelar sobre uma criança que estaria sendo vítima de abusos sexuais e estaria grávida.

No local, os conselheiros confirmaram a denúncia e colheram indícios sobre o envolvimento do companheiro da avó no crime.

As investigações da Polícia Civil iniciaram em março e comprovaram a gestação de cinco meses da criança. Apesar de ter pedido a prisão da avó e do companheiro à época, o pedido foi negado pela Justiça, que impôs medidas de proteção impedindo o contato da garota com a avó e o companheiro.

Encerrado o inquérito, a Polícia Civil identificou o companheiro da avó como autor dos abusos e, ainda, a participação da avó, que sabia do crime. A criança está morando com familiares em outra cidade, de acordo com o delegado.

Os dois foram indiciados por estupro de vulnerável, mas a polícia desconhece o local onde os dois moram atualmente.

Com informações ND Online 

Veja Também
Comentários
Loading...