Notícias de Caçador e Região

Auxílio emergencial de SC deve atender cerca de 62 mil famílias

O governo do Estado anunciou nesta quarta-feira (5) à noite que enviará à Alesc, nos próximos dias, um projeto que autoriza a concessão de auxílio emergencial para pessoas em situação de vulnerabilidade e que perderam o emprego durante a pandemia do coronavírus.

A estimativa é atender cerca de 62 mil famílias catarinenses, com investimento superior a R$ 37 milhões. Segundo o Executivo, famílias registradas no Cadastro Único que não receberam nenhum auxílio federal terão direito a três parcelas de R$ 200. Desempregados dos setores ligados à alimentação, alojamento, promoções, eventos e turismo receberão duas parcelas de R$ 300.

Um estudo técnico para pagamento do auxílio emergencial foi solicitado, em março, pelo governador afastado Carlos Moisés (PSL) à Secretaria da Fazenda.

Em Florianópolis, o prefeito Gean Loureiro (DEM) mandou à Câmara de Vereadores um projeto criando o auxílio emergencial municipal, que deve ter tramitação rápida.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.