Notícias de Caçador e Região

Associação estima produção de 20 toneladas de peixes

 

Apesar do clima não ter sido muito favorável para a criação de peixes de água doce neste começo de ano em Caçador, a estimativa de produção deve superar a do ano passado, com cerca de 20 toneladas de peixes disponíveis para venda na Semana Santa.

A estimativa é da Associação de Aqüicultores da Região do Contestado, que se reuniu nesta quarta-feira (30) na Epagri para discutir as ações para este ano.

De acordo com o piscicultor Mauro de Lima, presidente da Associação, uma das metas para este ano é incentivar o consumo de peixes entre a população caçadorense. “Estamos fomentando a produção e batalhando para que o consumo de peixes se torne um hábito. Nossos produtores estão com peixes de qualidade, com um bom tamanho, mas agora é preciso dar a destinação para garantir também uma renda”, explica.

Para a Semana Santa, a Associação pretende ampliar os pontos de vendas de peixes para facilitar o máximo possível para os consumidores. “Já fizemos algumas feiras, temos experiência nisso e a ideia é colocar pontos estratégicos nos bairros. Ainda precisamos de uma maior estrutura, mas já nesta Semana Santa vamos começar a venda antecipadamente e tentar manter durante o ano”, comenta.

A Associação tem como meta também aumentar o número de associados efetivamente envolvidos com a produção de peixes e partir para o cooperativismo. “Temos vários exemplos de cooperativas na região e estamos batalhando para isso. A piscicultura pode sim ser uma alternativa para o produtor, agregando valor junto com a pecuária e suinocultura”, destaca. 

 

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.