Após matar ex-mulher, homem fere enteada de 15 anos com faca e a estrangula em SC

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Ciliane Lopes, de 40 anos, foi morta a golpes de faca nesta segunda-feira (24), em Morro da Fumaça, no Sul catarinense. A filha da vítima, de 15 anos, também sofreu ferimentos nos braços e nas pernas e teria sido estrangulada. O principal suspeito de cometer tamanha crueldade contra mãe e filha é o ex-marido de Ciliane.

Ele já está sendo procurado desde manhã pelas autoridades. “Já estamos com o pessoal na rua tentando capturá-lo ainda em flagrante, mas, de qualquer forma, as providencias iniciais já foram feitas. A vítima foi encaminhada para o IML (Instituto Médico Legal) para o exame cadavérico. A menina que foi esfaqueada também conduzida para exames”, explicou o delegado responsável pelo caso, Márcio Campos Neves.

A filha da vítima e enteada do possível autor também pode ser ouvida pela Polícia Civil ainda nesta segunda-feira (24). “Estamos esperando se conseguimos ouvi-la ainda nesta tarde, se ela tiver condições físicas e emocionais”, comentou o delegado. Além disso, será expedido um mandado de prisão preventiva contra o investigado.

Entenda o caso

O suposto feminicídio aconteceu por volta das 6h30, quando o suspeito matou a ex-mulher e esfaqueou e estrangulou a enteada. Depois do crime, de acordo com populares, ele fugiu em uma moto com placa desconhecida.

Segundo a PM (Polícia Militar), a mulher foi encontrada sem vida e a  adolescente precisou ser conduzida ao Hospital São Roque, onde relatou que o padrasto furtava dinheiro de sua mãe constantemente, gerando brigas, e em outras ocasiões já havia a agredido.

À PM, ela também contou que acordou pela manhã com gritos da mãe e quando foi para a sala de casa, o autor a acertou com várias facadas e tentou também estrangulá-la.

A adolescente, agora, se recupera dos ferimentos e vai ficar aos cuidados do pai biológico.

Fim de semana de violência contra mulheres em SC

Outros casos de violência contra mulher foram registrados no final de semana em Santa Catarina e chocaram a população. No sábado (22), uma jovem, de 21 anos, foi espancada e queimada por dois homens após encontro por aplicativo em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis.

Entre sábado (22) e a madrugada desta segunda-feira (24) a Polícia Militar registrou nove ocorrências de violência doméstica contra mulheres, além de um estupro, no alto Vale do Itajaí.

Os casos foram registrados em quatro cidades da região: Blumenau, Brusque, Rodeio e Rio dos Cedros. Das 10 ocorrências registradas, oito foram por lesão corporal, uma por descumprimento de medida protetiva e uma por estupro.

Com informações ND Mais 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp