Notícias de Caçador e Região

Após dez dias de trabalhos, buscas por corpo de mulher assassinada pelo marido são suspensas

Os bombeiros suspenderam as buscas pelo corpo de Roseli Stoll, que foi assassinada pelo seu companheiro, em Concórdia, no Oeste de Santa Catarina. Nesta sexta-feira (17), completou dez dias de trabalho no lago da usina hidrelétrica, na comunidade de Entre Rios, interior de Alto Bela Vista, local onde o homem disse que jogou o corpo dela após cometer o crime. Ele confessou ter matado a mulher e está preso.

Para as buscas, os bombeiros utilizaram equipamentos especiais, como: câmeras subaquáticas, cães farejadores, sonar e mergulhadores, mas nenhum vestígio foi encontrado.

“Nestes dez dias de operação realizamos todos os recursos necessários para as buscas. Contamos com o apoio de bombeiros de várias regiões, empregamos os cães, mas nenhum vestígio foi encontrado. Foram mais de 100 km navegados pelas margens do rio, mais de 15 mergulhos realizados, em uma profundidade de 25 metros, além de trabalhos com câmera subaquática, mas nada encontramos. Diante disso, o Corpo de Bombeiros suspende as buscas nesta sexta-feira (17)”, comenta o tenente André Germanovi.

Agora, os bombeiros contam com o apoio da comunidade que, se encontrar algum vestígio, ou sentir odores nas regiões próximas, podem acionar as equipes.

“Essa é uma decisão técnica, uma vez que já foi varrida toda a área. Voltamos aos quartéis e ficamos de prontidão, então qualquer informação nova, se alguém visualizar algo ou algum odor, pode acionar o Corpo de Bombeiros”, destaca Germanovi.

O homem, que confessou o crime, segue detido preventivamente e deve responder pelo crime de homicídio triplamente doloso, por motivo torpe, asfixia e ocultação de cadáver.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.