Notícias de Caçador e Região

AO VIVO: Mulher acusada de matar o próprio filho de 11 anos será julgada a partir desta segunda-feira

A mãe Alexandra Salete Dougokenski, de 33 anos, acusada de matar o próprio filho de 11 anos em maio de 2020 na cidade de Planalto, no Rio Grande do Sul, vai a julgamento nesta segunda-feira, dia 21.

Alexandra se tornou ré por homicídio qualificado, ocultação de cadáver, falsidade ideológica e fraude processual.

A mulher foi autora da morte do menino Rafael Mateus Wingues, o qual foi encontrado dentro de uma caixa de papelão que estava na garagem do vizinho.

Em entrevista concedida à RBS TV na época, Alexandra disse que deu dois comprimidos de Diazepam para que o filho dormisse. Depois de um tempo, notou que a criança estava com boca roxa e as mãos geladas, já sem vida.

Com uma corda amarrada ao menino, ela tirou o corpo dele do quarto e o escondeu na caixa de papelão que estava na garagem do vizinho, a cinco metros da residência dela.

Na casa da família estava também o irmão de Rafael, de 17 anos, o qual relatou não ter ouvido nada durante a madrugada. A mulher confessou o crime após se passarem dez dias e levou os policiais ao local onde havia deixado o cadáver.

O julgamento de Alexandra terá início a partir das 9h30, no clube Independente Futebol Clube, localizado no centro da cidade, e terá duração estimada de 3 a 4 dias.

Para acompanhar a sessão, foram disponibilizados 67 lugares, sendo 15 para a imprensa externa, 5 para a imprensa do Ministério Público, 5 para estudantes de Direito, 2 para representantes da OAB, 15 para familiares da vítima e da acusada e 25 para o público em geral.

Com informações Oeste Mais 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.