Notícias de Caçador e Região

Ao contrário de grandes cidades, Caçador fecha junho com saldo positivo na geração de emprego

Santa Catarina terminou junho com um saldo negativo de 4.020 posto de trabalho formais, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde desta sexta-feira (20). O setor que registrou mais demissões em relação a contratações no estado foi o da indústria.

Esse setor teve saldo negativo de 2.531 empregos. O comércio aparece em seguida, com saldo de 1.190 empregos a menos. O setor de serviços teve saldo negativo de 324 e a agropecuária, de 114.

Tiveram mais contratações do que demissões os setores da construção civil, com saldo positivo de 55, da administração pública, com 50, e o de serviços industriais de utilidade pública (como energia elétrica e água), com 39.

Do total do saldo negativo de 2.531 empregos na indústria, o subsetor com pior resultado foi o têxtil, com 1.428 postos.

Cidades

Entre as cidades catarinenses com mais de 30 mil habitantes, as que mais tiveram saldo negativo de empregos foram:

  • Blumenau, no Vale do Itajaí, com saldo de -519
  • Mafra, no Norte, com saldo de -321
  • Tubarão, no Sul, com saldo de -269
  • Itajaí, com saldo de -200

Na contramão, as cidades com mais de 30 mil habitantes com mais contratações do que demissões foram:

  • Navegantes, no Litoral Norte, com saldo de 70
  • São Francisco do Sul, no Norte, com saldo de 57
  • Criciúma, no Sul, com saldo de 48
  • Caçador, no Oeste, com saldo de 46

Com informações G1 SC 

Veja Também

Comentários estão fechados.