Anvisa determina o recolhimento de lotes de medicamentos de pressão alta à base de losartana

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Um dos principais ativos de medicamentos para insuficiência cardíaca, vendidos no Brasil, recebeu uma determinação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), nesta sexta-feira (24), para a interdição e recolhimento de lotes que apresentavam a presença da impureza “azido” em concentração acima do limite de segurança aceitável.

De acordo com a Agência Brasil, o princípio ativo losartana, um anti-hipertensivo, está tendo lotes recolhidos e interditados, por conterem impurezas – conhecidas como azido – em alta concentração.

A Anvisa ressalta que essas impurezas podem surgir durante o processo de fabricação do insumo farmacêutico ativo e tem potencial mutagênico.

O prazo máximo regulamentar para conclusão do recolhimento dos produtos das farmácias é de até 120 dias, a partir desta sexta-feira (24).

A agência reguladora orienta que quem faz uso do remédio não deve suspender o tratamento sem acompanhamento médico, pois a medida é preventiva, e acrescentou que “a hipertensão e a insuficiência cardíaca exigem acompanhamento constante”.

Medidas junto aos fornecedores

Por meio de nota, a Anvisa esclareceu que, desde a descoberta da possibilidade de presença do “azido” na losartana, em setembro de 2021, vem adotando medidas para garantir que os medicamentos disponíveis para a população brasileira estejam dentro dos padrões de qualidade.

Os detentores de registro desses remédios já foram notificados pela agência reguladora, para apresentarem os resultados da avaliação sobre a existência dessa impureza em seus produtos.

Para trocar o medicamento, o paciente pode entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) do laboratório, cujo número está disponível na embalagem e bula dos produtos, para se informar sobre a troca.

Para ver se o seu medicamento está na lista de recolhimento, você pode checar o lote do produto neste link.

*Com informações da Agência Brasil e Anvisa

 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp