Notícias de Caçador e Região

Alunos da escola Dante Mosconi aprendem mais sobre plantas nos laboratórios da UNIARP

Em uma ação do curso de Farmácia da UNIARP, a acadêmica Amanda Metzger Garcia, bolsista do PAEC desenvolveu uma atividade com alunos do 9º ano da escola Educação Básica Dante Mosconi, de Caçador, dentro do projeto do resgate do uso popular de plantas medicinais. O projeto é orientado pela Leyza Paloschi de Oliveira.

Um workshop de identificação e controle de qualidade de plantas medicinais foi realizado dia 18 de agosto e teve o apoio da acadêmica Valéria Kaul Marques, bolsista do FAP e dos professores Lincon Bordignon Somensi e Talita Granemann Nunes, coordenadora do curso de Farmácia. O evento teve a participação de 45 alunos, que foram divididos em turmas.

Os alunos foram recepcionados no laboratório de Práticas Funcionais da UNIARP. A acadêmica Valéria explicou alguns aspectos etnobotânicos das plantas medicinais, abordando tópicos como os biomas brasileiros e como as plantas se desenvolvem de maneira diferente em cada um deles. Também falou sobre os óleos essenciais e suas propriedades no organismo e a diferença visualizada em folhas de erva mate de acordo com o local de plantio. “Receber os alunos na Universidade foi uma experiência ótima! Despertar a curiosidade dos jovens a partir das explicações, e compartilhar o conhecimento com eles foi muito gratificante. Como estudante, me sinto muito feliz em poder contribuir com o projeto, e agradeço imensamente a universidade pela oportunidade”, afirma a acadêmica Valéria.

Em seguida, os alunos receberam porções de chá industrializado para análise em lupa eletrônica, visando realizar o controle de qualidade e identificar a presença de algum corpo estranho. Em algumas amostras foram inseridos pedaços de aranha para os alunos encontrarem.

Depois, os alunos foram direcionados ao laboratório de pesquisa translacional em saúde, onde puderam acompanhar alguns métodos de extração de compostos bioativos de plantas medicinais.

“Receber os alunos do colégio Dante Mosconi foi uma enorme alegria. Conseguimos mostrar para eles um pouco da nossa rotina de trabalho com plantas medicinais, desde como identificamos uma planta falsa, adulterada ou com contaminantes. Nada melhor que ver no rosto destes jovens a expressão de curiosidade, tentando entender a importância de todos os processos. Fico muito feliz em compartilhar estes conhecimentos e demonstrar na prática como é o dia-a-dia em um laboratório que trabalha com produtos de uso popular. Semear novas sementes é função do professor e conseguir fazer isto em um ambiente maravilhoso e com pessoas maravilhosas é um privilégio”, declara o professor Lincon.

Para finalizar a visita à UNIARP, os alunos fizeram um tour pelos laboratórios e consultórios da área da saúde, conhecendo com mais detalhes toda a estrutura.

A parceria do curso de Farmácia com a Escola acontecerá durante todo o segundo semestre de 2022. Será realizado um encontro por mês com atividades programadas: confecção de um herbário para consulta de plantas medicinais; visita ao horto municipal e caminhada na trilha ecológica, com análise visual e sensorial das plantas e realização de uma horta na escola.

Veja Também

Comentários estão fechados.